10 técnicas de estudo eficazes para experimentar este ano

Técnicas de estudo eficazes

O seu método de estudo atual é ler um livro repetidamente esperando que algo dê certo? Se a sua resposta for não, talvez seja a hora de conhecer as melhores técnicas de estudo eficazes para a sua preparação.

Se sim, você fica estressado por não conseguir memorizar uma quantidade tão grande de informações em tão pouco tempo?

Como estudante que se prepara para uma prova de concurso público, é fundamental desenvolver técnicas de estudo eficazes e de gerenciamento de tempo que o ajudem a reter o máximo de informações.

Aquela velha técnica de se matar de estudar na noite anterior não serve mais. Afinal o conteúdo das provas atuais é muito extenso e você vai se prejudicar mais do que obter alguma vantagem.

Que tal conhecer uma nova estratégia de estudos?

Experimente uma das técnicas de estudo abaixo:

Prepare o palco

Técnicas de estudo eficazes Local de Estudo organizado

Primeiro, você precisa criar as condições – em seu corpo e no ambiente externo – para aprender e reter informações com sucesso.

Tenha uma boa noite de sono: 

Um estudo recente descobriu uma relação positiva entre as notas de alguns estudantes e a quantidade de sono que eles estão dormindo. 

No entanto, isso não significa apenas dormir 8 horas inteiras antes de um grande teste.

O que importa, ainda mais, é dormir o suficiente por várias noites antes de iniciar a maior parte dos estudos.

Mude o seu ambiente de estudo:

Estudos mostram que mudar o seu ambiente de estudo pode aumentar o desempenho de recall.

Em vez de estudar em casa todos os dias, experimente verificar um novo café a cada semana ou vá para a biblioteca local.

Uma mudança de cenário pode melhorar seus níveis de memória e concentração.

Mantenha um ambiente que funcione:

Se você tem um bom espaço em casa ou um café que seja um local confiável e produtivo para você, faz sentido continuar assim quando estiver sob pressão.

Ouça músicas calmantes:

Você pode ouvir qualquer música que quiser, mas muitos concordam que as batidas clássicas, instrumentais e lo-fi são uma boa música de fundo para estudar e podem realmente ajudá-lo a prestar atenção na tarefa em questão.

Músicas com letras podem distrair.

Elimine distrações:

Elimine distrações silenciando seu telefone e quaisquer ruídos de fundo irritantes, como TV ou rádio.

Faça um pacto consigo mesmo para evitar checar as redes sociais até que sua sessão de estudo termine.

Lanche com comida inteligente : Café e doces lhe darão um impulso temporário, mas você terá uma queda de açúcar no sangue.

Para obter uma energia mais focada e sustentável, experimente lanches saudáveis , como frutas, sementes ou outros alimentos naturais.

10 técnicas de estudo eficazes e dicas que realmente funcionam

1. O Método SQ3R

Método SQ3R

O método SQ3R merece estar na seleta lista de técnicas de estudo eficazes que preparei para você.

Ela é uma técnica de compreensão de leitura que ajuda os alunos a identificar fatos importantes e reter informações dos seus materiais de estudo.

SQ3R (ou SQRRR) é um acrônimo que representa as cinco etapas do processo de compreensão de leitura. Experimente estas etapas para uma sessão de estudo mais eficiente e eficaz:

Pesquisa:

Em vez de ler o livro inteiro, comece folheando o primeiro capítulo e fazendo anotações em quaisquer títulos, subtítulos, imagens ou outros recursos de destaque, como gráficos.

Pergunta:

Formule perguntas sobre o conteúdo do capítulo, como: Do ​​que trata este capítulo? O que eu já sei sobre esse assunto?

Ler:

Comece a ler o capítulo completo e procure as respostas para as perguntas que você formulou.

Recite:

Depois de ler uma seção, resuma com suas próprias palavras o que acabou de ler. 

Tente relembrar e identificar os pontos principais e responder a todas as perguntas da segunda etapa.

Revisão:

Depois de terminar o capítulo, é importante revisar o material para entendê-lo totalmente. Faça um teste sobre as perguntas que você criou e releia as partes que você precisar.

2. Prática de recuperação

A prática de recuperação é baseada no conceito de lembrar em um momento posterior.

Lembrar-se de uma resposta a uma pergunta melhora o aprendizado, mais do que procurar a resposta em seu livro didático.

E lembrar e anotar a resposta de um cartão é muito mais eficaz do que pensar que você sabe a resposta e virar o cartão logo.

Se você praticar a recuperação, é mais provável que se lembre das informações mais tarde.

Abaixo estão algumas maneiras de implementar o processo de recuperação em sua rotina de estudo.

Utilize testes práticos:

Use testes práticos ou perguntas para se questionar, sem olhar para o seu livro ou notas.

Faça suas próprias perguntas:

Seja seu próprio professor e crie perguntas que você acha que seriam em um teste. Se você estiver em um grupo de estudo, incentive os outros a fazerem o mesmo e troque as questões.

Use flashcards: 

Crie flashcards, mas certifique-se de praticar sua técnica de recuperação. Em vez de virar um cartão prematuramente, escreva a resposta e verifique.

3. Prática Espaçada

prática espaçada

A prática espaçada (também conhecida como “prática distribuída”) incentiva os alunos a estudar por um período mais longo de tempo em vez de estudar na noite anterior.

Quando nossos cérebros estão na iminência de esquecer alguma coisa, eles se esforçam mais para lembrar essa informação.

O espaçamento de seus estudos permite que sua mente faça conexões entre ideias e construa sobre o conhecimento que pode ser facilmente lembrado mais tarde.

Para experimentar esta técnica, analise seu material em intervalos espaçados semelhantes ao cronograma abaixo:

  • Dia 1 : Assista a uma aula.
  • Dia 2 : Revisão, resolução de questões, análise de resultados e revisão de erros.
  • Dia 3 : Revisão, resolução de questões, análise de resultados e revisão de erros.
  • Após uma semana : Revisão.
  • Após duas semanas : Revisão.

É importante começar a se planejar com antecedência. No início de cada semana, reserve algum tempo do dia apenas para verificar a sua agenda de compromisso e traçar o planejamento dos estudos para a semana que está iniciando.

Mesmo que faltem meses para a prova do concurso, isso te ajuda a se manter mais firme ao seu compromisso com os estudos.

4. O Método PQ4R

Método PQ4R

Este método tem uma abordagem ativa de aprendizagem que melhora a memorização e a compreensão do tópico.

Semelhante ao método SQ3R que nós acabamos de ver, o PQ4R é um acrônimo que representa as seis etapas do processo.

Visualização (Preview):

Visualize as informações antes de começar a ler para ter uma ideia de qual será o assunto. Percorra o material e leia apenas os cabeçalhos, subtítulos e texto destacado.

Pergunta (Question):

Faça a si mesmo perguntas relacionadas ao tópico, como, o que espero aprender? O que eu já sei sobre esse assunto?

Ler (Read):

Leia as informações, uma seção de cada vez, e tente identificar as respostas às suas perguntas.

Reflita (Reflect):

Você respondeu a todas as suas perguntas? Se não, volte e veja se consegue encontrar a resposta.

Recitar (Recite):

Com suas próprias palavras, fale ou escreva um resumo das informações que acabou de ler.

Revisão (Review):

Reveja o material mais uma vez e responda às perguntas que ainda não foram respondidas.

5. A técnica de Feynman

A Técnica de Feynman é um método eficiente de aprender um conceito rapidamente, explicando-o em termos simples e claros.

É baseado na ideia: “Se você quer entender algo bem, tente explicá-lo de forma simples”.

Ensina é uma das técnicas de estudo eficazes que mais dão resultado.

O que isso significa é que, ao tentar explicar um conceito em nossas próprias palavras, é provável que o entendamos muito mais rápido.

Como funciona :

Escreva o assunto / conceito que você está estudando no topo de uma folha de papel.

Em seguida, explique com suas próprias palavras, como se estivesse ensinando outra pessoa.

Reveja o que escreveu e identifique as áreas em que errou.

Depois de identificá-los, volte para suas anotações ou material de leitura e descubra a resposta correta.

Por último, se houver alguma área em sua redação em que você usou termos técnicos ou linguagem complexa, volte e reescreva essas seções em termos mais simples para alguém que não tenha a formação educacional que você possui.

6. Sistema Leitner

Sistema Leitner 

O Sistema Leitner é uma técnica de aprendizagem baseada em flashcards.

O ideal é que você mantenha seus cartões em várias caixas diferentes para controlar quando precisa estudar cada conjunto.

Cada carta começa na caixa 1.

Se você acertar uma carta, você a move para a próxima caixa. Se você errar uma carta, pode movê-la para baixo em uma caixa ou mantê-la na Caixa 1 (se já estiver lá).

Cada caixa determina o quanto você estudará cada conjunto de cartas, semelhante à seguinte programação:

  • Todos os dias – Caixa 1
  • A cada dois dias – Caixa 2
  • A cada quatro dias – Caixa 3
  • A cada nove dias – Caixa 4
  • A cada 14 dias – Caixa 5

7. Notas codificadas por cores

Anotações confusas podem dificultar a lembrança de pontos importantes de uma palestra.

Escrever em cores é uma maneira dinâmica de organizar as informações que você está aprendendo.

Isso também ajuda a revisar e priorizar as ideias mais importantes.

Um estudo recente descobriu que a cor pode melhorar o desempenho da memória de uma pessoa.

Esse mesmo estudo descobriu que cores quentes (vermelho e amarelo) “podem criar um ambiente de aprendizagem positivo e motivador que pode ajudar os alunos não apenas a ter uma percepção positiva em relação ao conteúdo, mas também a se envolver e interagir mais com os materiais de aprendizagem”.

Ele também relatou que as cores mais quentes “aumentam a atenção e provocam entusiasmo e informação”.

Escrever em cores pode parecer óbvio, mas mantenha estas dicas em mente:

  • Anote os pontos-chave em vermelho.
  • Destaque as informações importantes em amarelo.
  • Organize os tópicos por cor.
  • Não pinte tudo – apenas as informações mais importantes.

Mas calma, ainda não acabou, nós ainda temos mais duas técnicas de estudo eficazes e uma dia extra depois. Portanto leia até o final.

8. Mapas mentais

Mapeamento da mente 

Se você é um aprendiz visual, experimente usar usando mapas mentais, uma técnica que permite organizar visualmente as informações em um diagrama.

Primeiro, você escreve uma palavra no centro de uma página em branco.

A partir daí, você escreve as principais ideias e palavras-chave e as conecta diretamente ao conceito central. Outras ideias relacionadas continuarão a se ramificar.

A estrutura de um mapa mental está relacionada à maneira como nosso cérebro armazena e recupera informações. 

Mapear sua mente em vez de apenas escrevê-las pode melhorar sua compreensão de leitura .

Ele também permite que você tenha uma visão geral, comunicando a hierarquia e os relacionamentos entre conceitos e ideias.

Então como você faz isso?

Pegue uma folha de papel em branco (ou use uma ferramenta online ) e escreva seu tópico de estudo no centro, como “desenvolvimento infantil”.

Conecte uma de suas ideias principais (ou seja, um capítulo de seu livro ou notas) ao tópico principal, como “estágios de desenvolvimento”.

Conecte sub-ramos de ideias de apoio ao seu ramo principal.

Esta é a associação de ideias.

DICA : Use cores diferentes para cada galho e faça desenhos, se ajudar.

9. Exercite-se antes de estudar

Os exercícios não apenas combatem a fadiga, mas também podem aumentar os níveis de energia .

Se você está lutando para encontrar a motivação para estudar, considere adicionar uma rotina de exercícios ao seu dia.

Não precisa ser uma hora inteira na academia.

Pode ser um treino de 20 minutos em casa ou uma caminhada rápida pela vizinhança. 

Qualquer coisa para aumentar sua frequência cardíaca. 

Exercício antes de estudar:

Impulsiona a função cerebral e pode ajudar a melhorar a memória e o desempenho cognitivo .

Libera endorfinas, que podem melhorar seu humor e reduzir os níveis de estresse .

10. Estude antes de dormir

Estudo antes de dormir

O sono é crucial para o funcionamento do cérebro, formação da memória e aprendizagem.

Estudar antes de dormir, seja revisando cartões ou anotações, pode ajudar a melhorar a recordação. 

De acordo com Scott Cairney , pesquisador da Universidade de York, no Reino Unido, “Quando você está acordado, aprende coisas novas, mas quando está dormindo, você as refina, tornando mais fácil recuperá-las e aplicá-las corretamente quando precisa delas a maioria.

Isso é importante não só para a forma como aprendemos, mas também para como podemos ajudar a manter funções cerebrais saudáveis.”

Quando você está dormindo, o cérebro organiza suas memórias.

Em vez de passar a noite toda estudando, estude algumas horas antes de dormir e analise as informações pela manhã.

Ninguém quer passar mais tempo estudando do que o necessário.

Aprender técnicas de estudo eficazes pode garantir que você esteja totalmente preparado para os exames e ajudará a controlar qualquer ansiedade iminente no teste.

Esperançosamente, com as técnicas acima, você pode evitar estudar na noite anterior e tornar seu tempo de estudo mais eficaz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.