6 dicas para fazer a prova prática de Digitação

Depois de passar pelas provas objetivas, muitos concursos da área judiciária, da polícia civil e federal exigem uma prova prática de digitação.

Essa etapa é eliminatória, mesmo que você tenha ido muito bem nas provas objetivas. E, por isso, vários candidatos ficam tensos, com medo de serem desclassificados depois de tanto estudo e esforço.

Porém, esse tipo de teste é realmente muito tranquilo. Embora o tempo de prova tenha pequenas variações de concurso para concurso, a dinâmica do teste é a mesma.

O candidato tem alguns minutos antes da prova para se ambientar com o editor de texto, que é um programa bem simples e já está pronto para ser utilizado.

Depois, recebe um papel com o texto (normalmente de 1800 caracteres) a ser reproduzido no tempo estabelecido (normalmente 11 min.).

A prova prática de digitação ocorre em concursos muito disputados, e o que assusta vários candidatos é o fato de um teste simples poder desclassificar mesmo quem fez uma excelente prova objetiva.

Todavia, se você estiver preparado, não há como ir mal nessa fase. Para ajudá-lo, apresentamos a seguir 6 dicas valiosas. Confira!

prova prática de digitação

Tranquilize-se

A primeira dica parece óbvia, mas não é. As pessoas tendem a ver a prova de digitação como um obstáculo terrível e, unicamente por causa dessa ansiedade, acabam cometendo diversos erros na hora do teste.

Você precisa entender antes de tudo que a prova de digitação serve apenas para ver se o candidato terá condições práticas de assumir o cargo, ou seja, se ele tem capacidade de digitar um texto sem erros em um tempo razoável.

Não é exigido que a pessoa saiba digitar com posição adequada de dedos e nem em tempo recorde.

Mesmo que você só consiga utilizar dois dedos na digitação, é perfeitamente possível passar no teste. Portanto, não deixe que o nervosismo tome conta, não há motivos para isso.

prova prática de digitação

Treine para se sentir seguro

Especialmente se você não tem muita agilidade na digitação, é interessante fazer alguns treinamentos antes da prova para ver na prática como essa etapa pode ser simples.

Existem várias provas de concursos anteriores que você pode acessar na internet, com textos oficiais que já servem para você se familiarizar com a linguagem e a extensão.

Além disso, há sites que medem a rapidez e o desempenho de sua digitação — como, por exemplo, o FastFingers e o site do Fábio G. Silva.

Porém, você pode simplesmente utilizar seu WordPad, escolher uma matéria de jornal com cerca de 1800 caracteres e fazer a digitação, marcando o tempo com um relógio. Esses treinamentos podem te ajudar muito a pegar prática.

E mesmo que você tenha experiência, fazer treinamentos ajuda a ver que é plenamente possível fazer uma boa digitação no tempo dado.

Assim, você fica mais confiante e menos nervoso para a prova.

prova prática de digitação

Não corra

O tempo de duração da prova é mais que suficiente para você fazer a digitação e ainda revisá-la depois.

Você não será avaliado pela rapidez com que o texto ficou pronto, mas pela qualidade dele.

Portanto, faça a prova com atenção, em velocidade constante, mas preocupe-se especialmente em evitar erros, pois cada um deles desconta 0,05 ponto.

prova prática de digitação

Não se compare a outros candidatos

Quando a prova começa, você escuta vários teclados trabalhando e tem a impressão de que todos os outros são mais rápidos e mais preparados que você. Mas é só impressão.

Haverá gente que digita mais rápido e mais devagar que você, e isso não faz diferença. Preste atenção apenas no seu teste.

Uma coisa que ajuda é manter um clima amigável com os outros candidatos antes da prova. Se você conversar com as pessoas e conhecê-las, não sentirá um ambiente tão hostil na hora do teste.

prova prática de digitação

Digite o texto da maneira como ele aparece

Verifique as particularidades do texto antes de começar a digitação, como palavras em negrito ou itálico, letras maiúsculas, acentos e símbolos.

Você precisará reproduzir o escrito tal qual ele aparece. Ou seja, se há uma palavra que deveria ser acentuada mas não possui acento, você não pode acentuá-la. Lembre-se também que, por ser uma cópia do texto, deve ter, inclusive, a mesma formatação.

Sendo assim, formate seu texto — fonte, tamanho, espaçamento, alinhamento — antes de iniciar a digitação.

prova prática de digitação

Digite continuamente

Você pode corrigir erros durante a digitação ou depois de tudo feito. Porém, a maioria dos concursos considera produção extra se você recomeça a digitação depois de terminado o texto.

E cabe lembrar que para produção de texto extra a nota também é descontada. Portanto, o mais aconselhável é que você digite continuamente e vá corrigindo seus erros à medida que eles aparecem.

No final, faça uma revisão. Porém, se você já tiver corrigido a maioria dos erros durante o processo, não serão necessárias mais muitas modificações.

Setredos dos Concursos

Você tem se preparado para esse teste? Se você ainda tiver alguma pergunta sobre a prova prática de digitação, escreva para nós através dos comentários e tire suas dúvidas!

Boa sorte!

Léo Oliveira.

6 comentários em “6 dicas para fazer a prova prática de Digitação”

  1. Olá gostaria de saber se quando digitar um texto e se nele tiver um erro, isso me deixaria com um desconto de 0,05 pontos. Mas se após o término desse texto e ainda dentro do tempo de 11 minutos, eu corrigir este erro, isso quer dizer que não terei nenhum ponto descontado? Ou mesmo que eu corrija o erro, será descontado o ponto? Sou André e vou prestar TJ-SP 2017. Obrigado.

  2. Keliana Carvalho

    Boa tarde! Em uma das dicas você fala: “formate seu texto — fonte, tamanho, espaçamento, alinhamento — antes de iniciar a digitação”, mas como saberei dessas informações? Eles informam?
    .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.