6 estratégias para lembrar o que foi estudado

Há coisas que nunca esquecemos de fazer: dormir, comer, tomar água…

Afinal, são necessidades básicas, vitais para a nossa sobrevivência.

Já com o restante, não é tão simples.

A nossa memória não consegue guardar tudo, mas podemos treiná-la para ser capaz de lembrar mais.

Nos estudos, isso é muito importante.

Quantas vezes, em uma prova, você não se deparou com uma questão, lembrou-se de ter lido a respeito no livro, e simplesmente não conseguiu se recordar do conteúdo?

Em meio a tantos temas para estudar, você precisa se preparar para não sofrer com brancos na hora da prova. A seguir, 6 estratégias para lembrar o que foi estudado!

Contextualize

A nossa memória trabalha por meio de associações.

Por isso, uma maneira de recordar os conteúdos estudados é ligando-os a outros fatores.

Assim, na hora em que estiver estudando, tente prestar atenção também no local em que você está, qual livro ou apostila está lendo, quem é o autor, ou qual professor está dando a aula.

Na hora de puxar pela memória, você pode traçar esses caminhos até chegar ao pote de ouro: a informação que precisa.

Faça associações com o seu universo

As associações que podemos fazer para ajudar a lembrar o que foi estudado não param por aí.

Quando estudamos um conteúdo novo, o nosso cérebro não o apreende a partir do nada, e sim fazendo associações com informações que já temos.

Assim, para que a sua memória fique melhor, tente ligar o tema da matéria a alguma outra coisa, de preferência que tenha a ver com você e que seja próxima ao seu universo.

Vamos supor que você está estudando uma parte da legislação que trata de aposentadoria.

Tente relacionar isso ao tempo de aposentadoria do seu pai, vendo quantos anos ele ainda precisa trabalhar, de acordo com a lei. Isso irá facilitar a fixação do conteúdo.

Na hora da prova, será bem mais fácil retomar até mesmo os detalhes – muitas vezes, cruciais.

Descubra a sua memória

As estratégias de apreensão do conteúdo não devem ser iguais para todos, pois as pessoas possuem memórias diferentes.

Alguns estudantes têm memórias mais fotográficas, e aprendem melhor com desenhos, gráficos e imagens.

Outros memorizam mais por meio da audição, e por isso devem investir nas aulas, em vídeos-tutoriais, e na discussão da matéria com outras pessoas.

Há também quem prefira ler e fazer anotações, e assim guardam melhor o conteúdo.

Coma melhor

Lembra-se de como abrimos o texto falando que jamais nos esquecemos de comer?

Pois é, o problema é que alimentar direito, por sua vez, não é algo que muitos de nós se recorda ou dá a devida importância.

Há muitos alimentos que facilitam a memorização do conteúdo.

Um dos nutrientes mais importantes para manter o cérebro ativo e capaz de se lembrar melhor é o ômega 3. Salmão, linhaça, quinoa são fontes riquíssima desse ácido graxo.

Abuse também da uva, do morango e do tomate, que possuem muita fisetina, que melhoram a capacidade de memorização.

Para beber, a pedida são os chás verde, vermelho e branco, fontes de flavonoide, auxiliares no desenvolvimento e recuperação da memória.

Faça resumos

Resumos são essenciais para quem está estudando.

É importante que você reserve um período para parar e escrever sobre o que estudou, de maneira suscinta e destacando o que há de mais importante.

Dessa forma, você retoma o conteúdo e mostra para o seu cérebro que aqueles pontos são relevantes – afinal, você não está voltando a eles à toa.

Dê aulas para você mesmo

Você é um estudante, mas pode ser o seu próprio professor. Uma estratégia que funciona com muitos é dar uma aula para você mesmo.

Semanalmente, tire um tempo para preparar um apanhado geral do que estudou e falar para você mesmo a respeito desses assuntos.

Destaque o que é interessante, discorra sobre, explique pontos complicados e fixe melhor o conteúdo.

Quando você precisar lembrar, o seu cérebro estará com o conteúdo muito mais claro.

Agora, é só não se esquecer de nada disso para se lembrar melhor no futuro!

Seja Aprovado em Qualquer Concurso!

Experimente as estratégias e conte pra gente o resultado! Deixe seu comentário abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.