8 concursos para ficar de olho no primeiro semestre de 2016

Embora uma das medidas de contenção de custos do Governo Federal tenha sido a diminuição das vagas ofertadas em concursos públicos, a verdade é que ainda há muitas oportunidades para quem deseja se tornar um servidor público em 2016.

Atualmente, há uma grande quantidade de vagas já ofertadas em concursos com editais divulgados e espera-se que esse número aumente ainda mais no primeiro semestre com a realização de outros certames muito esperados pelos candidatos. Para não perder a chance de participar de nenhum, entretanto, é muito importante ficar atento a todas as novidades e notícias que surgem sobre esse assunto.

Preparamos esse guia com 8 concursos para você ficar de olho no primeiro semestre de 2016. Confira!

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

O concurso do IBGE era um dos mais aguardados por quem passa horas estudando todos os dias e finalmente teve o seu edital divulgado ainda nos momentos iniciais de 2016. Além disso, ele teve suas inscrições prorrogadas – do dia 22 de fevereiro, a data limite passou para o dia 2 de março –, o que faz com que ele deva receber ainda mais atenção.

Esse concurso contará, ao total, com 1.409 vagas tanto para o nível médio quanto para o nível superior. Quem tiver escolaridade máxima no ensino médio, pode concorrer aos cargos de agente censitário regional (ACR) ou agente censitário administrativo (ACA). No caso da primeira opção, é preciso ter carteira de habilitação de veículos do tipo B.

Para o concurso superior há vagas para jornalistas, programadores visuais, profissionais de ciências contábeis, analistas de sistema para desenvolvimento de aplicações e mais.

Os salários ficam entre R$ 1.560,00, para a vaga de ACA, e R$ 7.166,00 para os cargos de nível superior. Em 2013, a concorrência chegou a 307 candidatos por vaga no concurso da FGV, banca com nível moderado de exigência e dificuldade.

Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel)

Talvez você não tenha considerado ou mesmo não conheça a instituição, mas a Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel) também tem um concurso para ficar de olho no primeiro semestre de 2016.

É importante notar, entretanto, que esse concurso é para a realização de cadastro reserva, ou seja, para ter aprovados que poderão ser nomeados conforme as necessidades do órgão. No geral, o concurso oferece vagas para o nível superior e também para o nível médico.

Quem optar pelo nível médio poderá concorrer a vagas como mecânico de manutenção, soldador, assistente administrativo e técnico em diversas áreas como qualidade, metalurgia e radiologia. Para o nível superior, há vagas de analista contábil, de sistemas, administrador, médico do trabalho e engenheiro em diversas especialidades. Em todas as vagas, é exigida experiência mínima de 6 meses.

O menor salário do concurso é de R$ 1.071.97 e o maior, de R$ 4.480,89. A banca é a Cetro Concursos e o nível de dificuldade provavelmente será elevado devido à especificidade dos conhecimentos exigidos.

Sargento da Aeronáutica

Quem deseja seguir carreira militar deve ficar de olho no concurso da Aeronáutica. Com o edital já divulgado, ele é um dos principais para o primeiro semestre de 2016. Nesse caso, o concurso na verdade trata-se do Exame de Admissão ao Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento para a turma de 2017.

Serão oferecidas 147 vagas divididas entre diferentes áreas como administração, enfermagem, sistemas de informação e topografia. Todas as vagas também são do nível técnico e exigem certificados da realização de curso técnico na área exigida.  Também é necessário que o candidato esteja apto a seguir com o ensino superior sem qualquer impeditivo.

O salário, entretanto, não foi informado em edital, mas em 2015 o recebimento foi de R$ 3.686,25. Em 2015, havia cerca de 11.854 inscritos para o preenchimento de 36 vagas específicas, levando a uma concorrência de 330 candidatos por vaga.

Duas possibilidades:Fuzileiro Naval e Sargento da Marinha

Outro concurso que vale a pena ficar de olho no primeiro semestre de 2016 é o da Marinha. Para facilitar o preenchimento de vagas, foram lançados dois editais: um para nível fundamental e atuação em diversas áreas do país e um para nível médio com atuação no Rio de Janeiro.

Para o nível fundamental, o objetivo é admitir 1.860 alunos para o Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais da turma de 2017. Durante o curso, o aluno receberá cerca de R$ 652,00 mensais e, após formado, o salário é de R$ 1.587,00.

Já para o nível médio, o concurso oferece 36 vagas para o Curso de Formação de Sargentos Músicos do Corpo de Fuzileiros Navais. As vagas são divididas de acordo com os instrumentos, como oboé em dó e tímpanos. Durante a formação, o valor aproximado será de R$ 858,00 e, após a conclusão, o salário passa para R$ 3.890,00.

Em 2014, a Marinha divulgou a concorrência do seu concurso que chegou ao número de 494 candidatos disputando a mesma vaga.

Prefeitura de São Paulo

Embora seja um concurso local, a prefeitura da maior cidade do país oferece boas oportunidades para quem deseja uma colocação com bons rendimentos. Como oferece ao total um número de 3.582 vagas, o concurso para a Prefeitura de São Paulo merece atenção por ser um com mais vagas até o momento.

Esse concurso é estritamente para nível superior, o que exige certificado de conclusão de graduação em instituições de ensino reconhecidas. Além disso, por ser um concurso de nível superior os candidatos podem receber pontuações diferenciadas de acordo com o nível de especialização que tiverem.

Dessas vagas, 2.472 são para os cargos de Professor de Ensino Fundamental II e Médio com vencimentos de R$ 2.079,43. As demais são para os cargos de analista de saúde obstetriz com salário de R$ 4.390,75 e para os cargos de médicos em diversas especialidades. Nesse último caso, o salário pode chegar ao valor de R$ 12.000,00 mensais.

Correios

Partindo para os concursos previstos, um dos mais aguardados é, sem dúvidas, o dos Correios. Inicialmente a previsão é de que seriam abertas cerca de 2 mil vagas, mas isso foi suspenso pelo Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST). Apesar disso, o órgão ainda conta com uma defasagem de mais de 400 profissionais em seu quadro, o que abre a possibilidade para a realização do concurso.

Além disso, o fato de o último concurso ter sido realizado em 2011 estimula a realização dessa nova seleção, que pode acontecer ainda no primeiro semestre de 2016. Sendo de nível médio, as vagas previstas são para operador de triagem e transbordo (OTT) e carteiro. Quanto aos salários, a estimativa é de R$ 1.620,50 e R$ 1.284,00, respectivamente.

Mantendo-se as características do concurso anterior, a banca provavelmente será a Cespe, conhecida como uma das mais exigentes de todo o Brasil. Em 2011, a concorrência foi de 122 candidatos por vaga, mas o número ofertado foi de 9.190 postos. Se o concurso 2016 vier com menos de 500 vagas, então é possível que a concorrência seja consideravelmente maior.

Banco do Brasil

Outro concurso muito aguardado e que tem chances de ser realizado ainda no primeiro semestre de 2016 é o concurso do Banco do Brasil. Como o quadro de funcionários está defasado, é possível que ainda no primeiro semestre desse ano vejamos um novo certame para preenchimento de vagas e para cadastro reserva.

O concurso provavelmente oferecerá vagas para o cargo de escriturário e a definição de vagas deve ficar em torno da necessidade de 3 mil funcionários que a instituição possui.

Também é esperado que o salário inicial oferecido seja de R$ 3.644,48. Se a banca permanecer a CESGRANRIO, podem-se esperar questões com dificuldade moderada e boa distribuição no edital. No último concurso, a concorrência chegou a cerca de 214 candidatos por vaga.

Polícia Federal

A Polícia Federal é uma das instituições mais desejadas por quem presta concursos públicos e com a necessidade de pessoal aumentando, é de se esperar que seja realizado um concurso com edital divulgado ainda no primeiro semestre desse ano.

A estimativa é que o concurso traga pelo menos 500 vagas divididas entre peritos e delegados, ambas com nível superior. No caso da vaga de delegado, também é preciso comprovar experiência mínima em atividade policial ou jurídica por um período de 3 anos. Nos dois casos, os salários iniciais podem partir de R$ 16.830,85.

Em 2012, a responsável pela banca foi a temida Cespe e é possível que isso se repita em 2016, caracterizando-o como um dos mais difíceis do Brasil. Além disso, a concorrência no mesmo período chegou a 216 candidatos por vaga. Com a supressão das vagas de concursos públicos, pode ser que o oferecimento desse ano seja menor, o que tende a aumentar a concorrência.

Os concursos para ficar de olho no primeiro semestre de 2016 dividem-se tanto entre os concursos que já possuem edital divulgado e que estão com inscrições abertas quanto entre aqueles que estão previstos para o ano. De qualquer forma, é importante manter o ritmo de estudos para estar preparado tanto para os que já estão ativos quanto para aqueles que podem surgir nos próximos meses.

Confira agora: 5 dicas especiais para se preparar para o concurso da Policia Federal

Os concursos para a Polícia Federal estão entre os mais aguardados entre os concurseiros. Este processo seletivo recebe grande procura, mas muita gente acaba não se preparando de forma adequada e nem sabe o grande caminho que os aguarda. Isso porque a triagem para a Polícia Federal envolve provas objetivas e discursivas, teste de avaliação física, avaliação psicológica, investigação de vida pregressa e curso de formação. Que tal saber algumas dicas para se ter uma boa preparação para este tipo de concurso?

Não espere a publicação do edital

Mesmo que você acompanhe sempre as notícias sobre os concursos na área policial, não fique esperando que o edital seja publicado para começar a estudar. Pegue logo o edital do processo anterior e analise seu conteúdo programático. É claro que algumas coisas mudam, sobretudo nas legislações, mas existem matérias como Língua Portuguesa e Raciocínio Lógico que podem ser estudadas a qualquer tempo, sem perda de material. Portanto, não deixe de colocar em dia seus estudos o quanto antes.

Dê atenção às atualidades

As questões sobre atualidades, uma das disciplinas que são cobradas na prova objetiva, têm por base os acontecimentos recentes e imediatamente anteriores à data de aplicação do teste. Portanto, o candidato não deve ficar alheio às últimas notícias que passam na TV e nos jornais, dando atenção apenas aos estudos de disciplinas teóricas e jurídicas. Mantenha-se informado sobre o que está acontecendo no Brasil e no mundo, porque às vezes uma questão certa a mais pode significar a sua aprovação no concurso.

Leia os textos de lei

Os concursos para a Polícia Federal normalmente cobram que os candidatos tenham noções de Direito Penal, Processo Penal, Direito Administrativo, Direito Constitucional e as legislações especiais apontadas no conteúdo programático. É óbvio que contar com uma doutrina de bom nível é fundamental, mas nem sempre é possível enfrentar um estudo muito detalhado sobre todas as disciplinas. Portanto, baseie-se nos pontos exigidos e leia também a letra da lei. Vale dizer que algumas questões objetivas reproduzem exatamente o que está em uma ou outra legislação.

Faça questões de concursos anteriores

Esse hábito ajuda a entender como é a cobrança nas disciplinas, acostumar-se com o estilo de prova e habituar o candidato com o tempo de realização do certame. Comece a fazer as provas mais recentes, que provavelmente trarão menos diferenças nas leis e maior compatibilidade na estrutura da prova.

Prepare-se para o exame de aptidão física

É importante que o candidato saiba que o exame físico tem caráter eliminatório e, por isso, tem que ser levado muito a sério. Muita gente começa a se preparar somente depois que passa na prova teórica, mas em um curto período as chances de melhorar seu condicionamento físico são fracas caso você leve uma vida mais sedentária e menos atlética. Os treinos devem iniciar desde o momento em que você decidiu prestar este concurso, para que você tenha tempo hábil para se adaptar e fortalecer sua musculatura, o sistema respiratório e sua resistência. De preferência, faça os exercícios com acompanhamento profissional para evitar lesões e conseguir melhores resultados.

Você quer fazer o concurso para a Polícia Federal? Como está a sua preparação? Já começou a estudar ou ainda está esperando a publicação do edital? Comece a colocar a mão na massa — e os olhos nas apostilas e aulas — desde já! E se você tem alguma dica para compartilhar escreva para nós através dos comentários!

Setredos dos Concursos

Qual é o concurso mais aguardado por você? Você já está estudando para os concursos em 2016? Conte para a gente nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.