A lista dos concursos públicos mais desejados de 2015

Mais de 12 milhões de pessoas almejam ter o mesmo patrão: o governo.

No entanto, menos de 2% desse total vai conseguir alcançar esse objetivo.

Afinal, a expectativa é de que apenas 200 mil vagas sejam abertas no Brasil em 2015.

A alta procura pelo serviço público se dá devido à promessa de estabilidade, salários acima dos oferecidos pelo mercado convencional e aposentadoria integral.

Em tempos de instabilidade econômica e iniciativa privada mais receosa, quem não quer contar com isso, certo?

No entanto, deturpando bastante a famosa canção de John Lennon:

Se você é um sonhador, conforme-se com o fato de que não é o único, e, por isso, terá que se esforçar bastante para garantir a tão sonhada vaga.

Nesse caso meu amigo, quem se prepara com antecipação leva vantagem.

Portanto: vale a pena sim, ficar de olho nos novos editais que devem ser abertos nos próximos meses.

Na esfera federal, a mais concorrida, há grande agitação em torno desses processos seletivos, que, em alguns casos, estão sendo aguardados há mais de dois anos. Os vencimentos chegam a R$16 mil.

Se interessou? Então confira o nosso artigo com A lista dos Concursos Públicos Mais Desejados de 2015 e comece a correr atrás da sua vaga.

ABIN

Agência Brasileira de Inteligência (ABIN)

A instituição deve abrir 470 vagas para quatro cargos: dois de nível superior e dois para  nível médio.

Desse total, 200 são destinadas ao posto de oficial de inteligência, com vencimentos iniciais que ultrapassam R$13,5 mil.

Outras 150 são para oficial técnico de inteligência, que oferecem salários superiores a R$14 mil.

Há ainda oportunidades para agentes de inteligência.

São 50 vagas para esse cargo de nível médio que prometem remunerações iniciais de aproximadamente R$5,2 mil.

Essas cifras são um pouco inferiores ao valor estipulado para o status de agente técnico de inteligência, que é cerca de R$5,7 mil.

O edital deve exigir carteira de habilitação a partir da Categoria B para todos os inscritos, conforme ocorreu em 2010. Detalhe importante: naquele ano (2010), o concurso foi organizado pela Cespe/UnB.

BNDES

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

O BNDES despejou um balde de água fria em alguns concurseiros mais ansiosos: com edital previsto para junho deste ano, o órgão recentemente emitiu nota avisando que os preparativos para o processo seletivo foram suspensos por tempo indeterminado.

É bem provável, portanto, que a concorrência fique para 2016.

Prazo para descanso?

Não necessariamente: lembre-se de que há “concurseiros profissionais” que já estão antecipando os estudos, de olho nas possibilidades atraentes que a instituição costuma oferecer.

O Banco ainda não divulgou quantas vagas pretende preencher, mas sabe-se que os convocados em nível médio, assumindo cadeiras de técnicos administrativos, receberão inicialmente exatos R$4.759.

Já para o chamado profissional básico, com nível superior, os valores sondados são de R$12.022,85.

Camara dos Deputados

Câmara dos Deputados

O concurso do Legislativo foi autorizado em dezembro de 2014 e segue em “stand-by”, com edital podendo ser lançado a qualquer momento.

O último certame do setor aconteceu em meados do ano passado e ofereceu pouco mais de 110 vagas.

E haja concorrência: foram mais de 51 mil inscritos, que se submeteram a provas objetivas, discursivas e avaliação de títulos para os cargos que exigiam nível superior. Tudo sob a batuta da Cespe/UnB.

Para 2015, os salários prometidos são de R$11,5 mil para técnicos administrativos e pouco mais de R$17,6 mil para analistas.

No primeiro caso, o candidato concorrerá a vagas na área de assistência administrativa e deve portar diploma do Ensino Médio.

No último, a exigência é de formação em nível superior, recrutando servidores aptos para documentação e informação legislativa; técnicos em material e patrimônio; assistentes sociais, e analistas de informática.

Departamento de Polícia Federal

Departamento de Polícia Federal (DPF)

A Polícia Federal é a “menina dos olhos” quando o assunto é concurso público: primeiro, porque os certames costumam acontecer com certa frequência.

Somado a isso, há o fato de que as remunerações são generosas para todas as carreiras.

Com edital possivelmente saindo do forno no segundo semestre deste ano e provas acontecendo no início de 2016, o DPF deve oferecer 558 vagas.

A maioria, 491, serão ocupadas por delegados.

Os interessados devem ter formação em Direito e pelo menos três anos de experiência em atividades jurídicas ou policiais.

As outras 67 são para o cargo de perito, também com exigência de nível superior.

As áreas de graduação ainda não foram especificadas, mas é certo que os salários iniciais serão de quase R$17 mil com carga horária de 40 horas semanais.

Se a próxima seleção seguir os moldes da última, realizada em 2013, com cerca de 110 mil inscritos para mil vagas, o DPF contará com a Cespe/UnB como banca organizadora e maratona de provas incluindo objetiva, discursiva, teste de capacidade física, avaliação psicológica, investigação social e, claro, análise de títulos.

INSS

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

O INSS praticamente implora por mais servidores: atualmente a autarquia conta com 5 mil postos de trabalho abertos, além das 10 mil cadeiras que podem ficar vazias com a aposentadoria de funcionários.

No entanto, caso novo concurso seja aberto, serão disponibilizadas apenas 4,7 mil oportunidades para os concurseiros.

Desse total, 2 mil vagas são para técnicos com formação em nível médio e vencimentos iniciais de aproximadamente R$5 mil.

Outros 1,5 mil recrutamentos serão para portadores de diploma de Ensino Superior aprovados como analistas. Nesses casos, as remunerações serão de R$7,5 mil.

Há ainda vagas para 1,1 mil médicos peritos com salários de R$11,2 mil.

O concurso tem sido aguardado desde 2014 e já recebeu status de “urgente”.

Com a aprovação da Lei Orçamentária do Governo Federal em abril, a previsão era de que o edital fosse lançado até meados deste ano, porém, agora a expectativa é de que o concurso do INSS seja autorizado em 2015, mas só ocorra mesmo em 2016.

Receita Federal

Receita Federal

Na lista de concursos mais aguardados, o da Receita Federal poderia ocupar a primeira posição por um simples motivo: seu caráter imediato.

Apontado como prioritário por interlocutores do governo, ele está previsto para ocorrer ainda em 2015, com convocação dos melhores colocados em curto prazo.

Números exatos ainda não foram divulgados, mas especula-se que serão recrutados profissionais com nível superior em qualquer área para os cargos de analistas e auditor fiscal.

Nesses casos, as remunerações vão de R$9,6 a R$16,1 mil.

Bem, estamos chegando ao final de mais um artigo e espero que essas informações a respeito da lista dos concursos públicos mais desejados de 2015 seja de grande utilidade para aumentar a sua motivação para estudar em busca de uma grande oportunidade como as listadas acima!

Seja Aprovado em Qualquer Concurso!

Por qual desses concursos você se interessou?

Se já faz parte do grupo de quem sonha com a carreira pública, que outros editais acrescentaria à lista dos mais aguardados?

Deixe seu comentário, troque ideias e dicas com a gente, e continue acompanhando o blog para mais informações sobre concursos!

Compartilhe nas redes sociais esse artigo, ele pode ser de grande utilidade para os seus amigos também!

Sucesso e bons estudos!

Atenciosamente,

Léo Oliveira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.