Como saber se você está estudando da forma certa

Você se inscreve para o Enem ou para algum concurso público e começa a estudar o máximo que pode.

No entanto, por mais que esteja se dedicando, fica sempre com uma pulga atrás da orelha: “será que estou estudando da forma correta?”.

Essa dúvida piora depois que você não consegue a aprovação uma, duas, três vezes…

Acredite essa situação acontece todos os dias com muita gente, não é só você que está sofrendo com isso.

Mas então, como agir nessa situação?

Afinal de contas, você está gastando tempo e dinheiro, mas os resultados não estão vindo.

Após passar por várias situações parecidas e conversar com muitos concurseiros de sucesso, a gente acaba adquirindo certa experiência no assunto.

A minha grande sacada com relação a esse problema que afeta tantos concurseiros é o seguinte:

Não basta estudar muito! O estudo tem que ser de qualidade!

Dessa forma, o problema pode estar em vários fatores, e um deles é o modo como você estuda.

Mas não é preciso se desesperar! 😉

Para saber se você está estudando da forma certa, basta observar alguns hábitos, estratégias e resultados.

Confira a seguir!

Cada um no seu quadrado

Antes de tudo, é preciso entender algo importante: não existe uma forma correta de estudar.

Pessoas não são máquinas, com manuais de instrução únicos e definitivos.

Cada uma é de um jeito, e, por isso mesmo, não é um formato apenas de estudo que irá se aplicar a todas.

Assim, não acredite em fórmulas mágicas ou dicas que apontem que, fazendo de tal e tal jeito, tudo dará certo.

Mas atenção: Existem técnicas e métodos de estudos fundamentadas em estudos avançados, que aceleram o aprendizado e são ferramentas fundamentais na preparação de qualquer concurseiro, pois além de economizar tempo na preparação, fazem com que você aumente o volume de absorção de conteúdo e facilitam a sua memorização e consequentemente resulta em uma melhora substancial no seu desempenho em concursos.

Lembre-se disso!

O que você precisa buscar é ideias e dicas que se adaptem a você ou a sua realidade, ou transformá-las de modo a te servir melhor.

Mas é muito importante que você tem que se conheça bem.

Há estudantes que têm uma memória mais visual, apreendendo bem o conteúdo por imagens, gráficos e tabelas.

Outros preferem a leitura para estudar a matéria.

E há também aqueles que entendem melhor por meio da audição.

Isso é natural, pois há mais de um tipo de memória, e elas são desenvolvidas de formas diferentes em cada pessoa.

Descubra qual delas você acha que facilita o seu aprendizado e invista nela.

Talvez você esteja se dedicando demais à leitura, quando absorve melhor o conteúdo por meio da fala do professor, de uma discussão com colegas ou de um vídeo na internet.

Esse pode ser o segredo para adotar uma forma melhor de estudar para você.

Conheçer a si mesmo isso é fundamental!

Já dizia Sun Tzu:

“Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas.Se você se conhece mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo e nem a si mesmo, perderá todas as batalhas” 😉

Olhe para o lado

A dúvida sobre o seu desempenho, se você está estudando de forma correta, pode ser apenas cobrança excessiva sobre si mesmo.

Para saber se não é, vale a pena comparar o seu desempenho com os colegas – mas sem ficar alimentando espíritos de competição!

Se você tem um colega que falta às aulas do curso, parece não estudar tanto quanto você, e, na hora da prova, acaba tendo um resultado semelhante ou até melhor ao seu, provavelmente há algum problema na sua forma de estudar.

É hora de rever os seus conceitos.

Lembre-se que somente volume de estudos não é o suficiente. É muito melhor estudar menos tempo mas com mais qualidade!

Da mesma forma, se você fica muito abaixo da média ou da nota que pretendia tirar, e se tiver consciente de que se esforçou pelo melhor, também é bom pensar em novas formas de estudo.

Olhe para trás também

Para saber se você está estudando direito, é bom se atentar também para as suas estratégias de aprendizado.

Após estudar um conteúdo, você o revisa?

Se não, pode saber que aí está um problema sério.

Após se dedicar a um assunto, não o dê por finalizado: há ainda uma etapa muito importante esquecida pela grande maioria dos concurseiros.

Uma revisão constante te ajudará a fixar o conteúdo e a entender melhor os detalhes mais importantes.

Se você não faz isso, a sua memória terá muita dificuldade em recuperar o que foi visto, ainda mais com a quantidade de matéria que você estudou a seguir.

Por isso, programe sempre um período de retomada do que já foi trabalhado, de preferência a cada duas semanas, ou da forma que te servir melhor.

Alguma dúvida?

Você está estudando e se depara com uma dúvida.

Isso é muito complicado. Acontecia sempre comigo!

Como você lida com sua dúvida?

Isso é crucial.

Se você é daqueles que pensam que é apenas um detalhe e passam por cima, mude os seus hábitos.

É preciso sanar toda e qualquer dúvida, seja perguntando a um professor, pesquisando em outros livros ou na internet.

Vai que aquele conteúdo cai na sua prova?

Se você está se dedicando bastante e ainda acha que o seu desempenho não está correspondendo, pense sobre os seus métodos de estudo e sobre toda a sua preparação em geral e veja o que está funcionando, o que não está e o que você pode fazer para mudar!

Lembre-se: sempre é possível melhorar! 😉

Seja Aprovado em Qualquer Concurso!

E você, acredita que esteja estudando da forma correta? Compartilhe com a gente a sua experiência!

Deixe seu comentário, ele é muito importante para mim!

Eu preciso do seu feedback para saber se o conteúdo do blog está agradando e para cada vez mais trazer dicas para sua aprovação! 🙂

Sucesso e bons estudos!

3 comentários em “Como saber se você está estudando da forma certa”

  1. Léo Oliveira as suas dicas são maravilhosas, cabe ao aluno seguir todos os passos, inclusive lembrar que é fundamental sempre estudar com material didaticos atualizados, adoro ler seus conteúdos, inclusive já compartilhei com meus amigos .

    1. Olá Cleo Nobre, tudo bem?

      Muito obrigado!!! Fico muito feliz com seus elogios!

      Às vezes cometemos certas falhas na preparação que não conseguimos notar.

      Por isso, sempre é muito útil participarmos de cursinhos, utilizarmos os melhores materiais e apostilas, cursos.

      Tudo isso para que não cometamos a enorme falha de estudarmos conteúdo errado e desnecessário ou desatualizado para o nosso Concurso. Isso pode ser um erro crucial que pode significar acertar aquela questão mais difícil da prova e resultar em uma aprovação ou não.

      Lembre-se que concurso público é um competição: onde os mais preparados levantarão a taça no final!

      Obrigado por compartilhar o meu conteúdo, isso só me motiva cada vez mais a publicar material de qualidade para todos!

      Sucesso e bons estudos!

      Atenciosamente,
      Léo Oliveira

  2. Estas dicas são mesmo para melhorar os hábitos de estudantes . Agradeço-lhe por este apoio Sr. Oliveira, continue com estas páginas colaboradoras para quem pretende o apoio que elas podem dispor.

    Bom trabalho!
    Tiago Miguel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.