Concurso dos Correios: fique por dentro!

Você está se preparando para o Concurso dos Correios?

Ultimamente, tenho recebido vários emails pedindo mais informações e notícias sobre concursos.

Pensando nisso, preparei esse artigo com um Concurso que a cada ano que passa, a sua procura tem aumentado consideravelmente: O Concurso dos Correios!

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, mais conhecida simplesmente pelo nome de “Correios” é uma empresa pública brasileira, atuante nos 26 estados da federação e no Distrito Federal.

Uma empresa como essa, que possui atuação tão abrangente em um país de escala continental, conta com um quadro de pessoal que já ultrapassa a casa dos 120.000 funcionários, conforme dados estatísticos do Ministério do Planejamento e Gestão.

Apesar do vultoso número de funcionários, um dos maiores problemas dos Correios é justamente a carência de mão de obra efetiva, uma vez que há estimativas de que nos últimos anos mais de 10.000 postos de trabalho foram deixados na empresa, principalmente em virtude da aposentaria de seus empregados.

Para reverter esse cenário, periodicamente a empresa realiza concursos públicos para seleção de pessoal.

O último concurso foi em 2011 e já teve seu prazo de validade expirado.

Dessa forma, as especulações sobre a publicação de um novo edital para até o fim do primeiro semestre de 2015 estão em alta.

Como a vacância nos postos de trabalho não deixa de ocorrer e não há um concurso homologado para reposição dos servidores aposentados, a cada dia que passa, a necessidade de realização do novo concurso se torna imperiosa.

É com base nesse cenário que muitos concurseiros de plantão já deram a largada na preparação para as provas, cujo edital pode sair a qualquer momento.

Apesar de ainda não haver oficialmente a informação de qual será a banca examinadora, pelo último concurso de 2011, podemos tirar valiosas impressões de como provavelmente será a próxima prova.

Então vamos ao que interessa?

Seguem informações super importantes sobre o concurso dos Correios!

Concurso dos Correios

Como foi o último o último concurso dos Correios

Uma das chaves para o sucesso nos concursos públicos é analisar minuciosamente o edital mais recente.

Pela prova de 2011 podemos perceber que as vagas abertas para provimento exigiam apenas nível médio de escolaridade e entre os cargos estavam atendente comercial, carteiro e operador de triagem.

O programa de estudo para a prova foi bem enxuto, exigindo conhecimentos específicos nas áreas de matemática, língua portuguesa, e informática.

Foram cobradas 20 questões de cada área, totalizando 60 questões em uma prova de caráter classificatório e eliminatório.

A duração da prova objetiva foi de 3 horas e 30 minutos, o que deu aos candidatos um tempo médio de três minutos e meio para cada questão.

Pode-se ver que o tempo de prova é corrido e os candidatos já habituados a resolverem questões de concursos saíram na frente.

Um provável novo edital também deve seguir um perfil semelhante ao da última prova aplicada e, se você tem interesse em prestar esse concurso, é bom já ir se familiarizando com os três conteúdos específicos cobrados no último certame.

CESPE UNB

A banca examinadora: CESPE/Unb

Muitos concurseiros têm calafrios ao ouvir esse nome: Cesp/Unb.

Também conhecido como Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília, esta é uma das bancas mais temidas na elaboração de concursos em todo o país e foi a responsável pela elaboração e correção das provas aplicadas para os Correios no ano de 2011.

Como é característica dessa banca, cada questão possui cinco alternativas, sendo válida a marcação de apenas uma dentre essas alternativas.

Via de regra, apesar de possuir a fama de ser banca muito exigente, o CESPE tem uma característica muito marcante, que é a exigência de conhecimento dos conteúdos programáticos de forma objetiva.

Ou seja, as questões dessa banca são diretas e de enunciados curtos.

Além disso, são cobrados pelos examinadores assuntos bem específicos dentro do que foi discriminado no conteúdo programático do edital, isto é, são cobrados os chamados “pés de página”.

Dessa, forma, na prova de conhecimentos da língua portuguesa, por exemplo, são exigidos conhecimentos profundos sobre as regras gramaticais de acentuação, de ortografia e concordância verbal e nominal.

Para muitos, essa forma de abordagem do CESPE é um pesadelo, mas pode-se afirmar que essa característica não é tão ruim assim como muitos afirmam.

A cobrança de conteúdos específicos apenas exige do candidato um maior esforço na memorização do conhecimento e, se você se dedicar suficientemente em decorar a maior parte das regras, certamente sairá na frente de seus concorrentes.

Conteudo Programático

O conteúdo programático cobrado

Conforme já dito, no último certame foram cobrados conhecimentos específicos nas áreas de língua portuguesa, matemática e informática.

A prova de português e informática se limitou à exigência de conteúdos meramente enunciativos, e não exigiu grande capacidade analítica do candidato para resolução das questões.

Mas o que isso quer dizer?

O CESPE elaborou questões de português que eram respondidas facilmente com regras gramaticais bem conhecidas, além de questões de informática cuja simples memorização do conteúdo respondia a alternativa correta da pergunta realizada.

No programa de matemática, foram exigidos conhecimentos básicos de grupos de numerais e noções de matemática financeira.

Sem dúvida, é essa a prova que mais exige da capacidade analítica dos candidatos, uma vez que, ao contrário das demais, a simples memorização dos conteúdos não responde às questões.

Relalão candidato vaga

A relação candidato/vaga

Vencidas essas informações básicas que todo candidato precisa saber sobre a prova dos Correios, uma informação que pode assustar muitos concorrentes é a relação candidato/vaga do último certame.

Em 2011, segundo dados da Banca CESPE/Unb, foram realizadas 1.051.256 inscrições, para o provimento de 8.346 vagas em todo o Brasil.

Esses números nos dão uma relação média de 125,96 candidatos disputando uma mesma vaga.

Além disso, esse número foi maior se compararmos isoladamente a relação de candidatos/vagas de regiões populosas como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, localidades nas quais o número de inscritos foi muitas vezes superior ao número de vagas oferecidas.

Contudo, o pensamento mais importante que os concurseiros devem ter em mente é que, independente do número de concorrentes, o maior desafio está entre o concurseiro e a prova.

Não importa quem seja o concorrente que está ao seu lado.

O maior diferencial é sua preparação e o domínio dos conteúdos previstos no edital.

Pra quê se preocupar com o candidato vizinho, se você se preparou da melhor forma, não é mesmo?

Tenha sempre em mente: a aprovação só depende de você!

O período de inscrição e a preparação

E mesmo depois de tanto tempo dispendido com o estudo do conteúdo programático, há uma dica valiosa da qual você não pode esquecer.

Vamos a ela: por mais estudioso e dedicado que você seja, não deixe para efetuar sua inscrição no certame no último dia do prazo.

Como esse é um concurso de âmbito nacional, é comum que a procura por inscrições nos dias finais do prazo aumente vertiginosamente, o que pode causar instabilidade e problemas de acesso ao portal de inscrições da banca examinadora.

Sendo assim, seja organizado e planeje com antecedência a efetivação da inscrição e pagamento da taxa para realização da prova.

Os editais sempre são claros ao afirmar que problemas de conexão com a internet e instabilidades momentâneas que possam prejudicar os candidatos não são de responsabilidade da organizadora do concurso.

E, afinal, de que adianta um candidato perseverante e bem preparado se ele não conseguiu realizar a inscrição?

Lembre-se de que a organização é fundamental para a trajetória de sucesso do concurseiro!

Além disso, dias antes do exame, procure saber onde é o seu local de prova e como você deverá fazer pra chegar até ele.

O concurso dos Correios, devido ao grande número de inscritos, costuma gerar tumultos e congestionamentos próximo aos inúmeros locais de prova.

Assim, a precaução e antecedência vão evitar que você corra o risco de perder a prova por ter chegado após o início do horário de aplicação do exame.

Trinômio: concentração, dedicação e atenção

E para vencer a prova, que é o maior desafio de todos, não há mágica nem superstição.

A dedicação dispensada na rotina diária de estudos, a perseverança, a atenção e a concentração são palavras de ordem que acompanham todos aqueles que traçaram uma trajetória de sucesso no mundo dos concursos públicos.

Não é em um dia ou em uma semana que se constrói conhecimento de verdade, ou que se forma uma pessoa capacitada a resolver questões específicas em um curto intervalo de tempo.

Estudo e treino são as palavras fundamentais e quanto mais você exercita sua capacidade de resolução de questões, mais facilmente as acerta, transformando as intempéries de dificuldade e limitação de tempo em problemas apenas para seus adversários.

Investindo em um cursinho específico para o concurso dos Correios

Por fim, a nossa última dica, principalmente para os iniciantes no mundo dos concursos públicos é o zelo com a aquisição de um material didático de qualidade.

Não se deixe enganar por apostilas “promocionais”, vendidas a preços abaixo de mercado.

Na maior parte das vezes se trata de produtos desatualizados, formulados para certames muito antigos, de bancas que, muitas das vezes, nem são mais contratadas para realização das provas.

Pense que o material do seu estudo é a principal ferramenta que você tem.

Há alguns anos, o grau de dificuldade não era muito elevado para se ingressar nos Correios, pois anteriormente a maioria das pessoas queriam a iniciativa privada, e tentar sucesso nessa empreitada como autônomo.

Ninguém queria saber de concurso público, mas hoje em dia, as coisas mudaram muito…

Dessa forma, tudo ficou mais difícil e agora está muito mais disputado ser aprovado nos Correios.

Por isso, uma dica recomendada é o observar as provas anteriores, onde o candidato terá que procurar assimilar a maneira como o conteúdo possivelmente será cobrado e com isso aperfeiçoar seus estudos.

É muito importante que além das provas anteriores para concursos da empresa, o candidato sempre procure outro “aliado” nessa jornada…

E nesse caso o que eu recomendo a fazer é buscar sempre conhecer com é o estilo da banca organizadora a ser contratada.

Portanto, é extremamente importante neste momento, que os candidatos tenham consciência de que se antecipar os estudos é a primeira coisa a ser feita.

Dessa forma, consultar o edital anterior é a melhor alternativa, pois assim, os candidatos poderão elaborar suas melhores estratégias de preparação previamente, bem como poderá buscar selecionar os melhores materiais para o seu estudo.

Ter disciplina para estudar é o que eu sempre lembro para os candidatos fazerem.

Além disso, cada centavo gasto na aquisição de um material bem elaborado é um investimento pessoal em sua carreira e vida profissional!

Porém, de nada adianta ter um bom material de estudo, estar matriculado em um bom cursinho preparatório, se não tiver o entusiasmo e a perseverança para tocar os estudos e conseguir a aprovação.

Concurso dos Correios: fique por dentro!

Dicas para concurseiros de primeira viagem

Passar em um concurso representa o sonho de estabilidade e é cada vez maior o número de pessoas que se interessam em buscar esse caminho.

A concorrência aumentou, as provas estão mais difíceis e as bancas examinadoras mais exigentes.

Como se destacar então e furar esse bloqueio?

Agora você vai conferir 7 dicas para o concurseiro de primeira viagem. Continue acompanhando!

Tenha motivação

Um emprego público normalmente é para a vida toda e não há muita possibilidade de mudança.

Para muitas pessoas isso não é um problema, mas para outras pode ser.

É realmente isso que você quer?

Se a segurança e estabilidade é o que vai fazer você feliz, não perca a motivação e siga em frente.

Escolha bem a área

É um erro olhar somente o salário e não pesquisar o que realmente vai fazer no emprego depois que passar no concurso.

Primeiro escolha bem a área que você quer trabalhar ou a empresa. Tente conversar com quem já está lá dentro e ver o que fazem.

Lembre-se que muitos concursos são para preencher vagas no interior ou em outros Estados do Brasil.

Analise se você quer ou pode mudar de cidade.

Tenha disciplina

Dizem que a disciplina é o ingrediente mais poderoso para o sucesso…  😉

Nos estudos é a mesma coisa…

O primeiro passo é parar com as desculpas e começar logo a estudar.

Faça um cronograma para cada dia da semana e separe as horas possíveis que você tem por dia.

Mesmo quem trabalha deve tirar um tempo diário, seja de noite ou de manhã para estudar. Nos finais de semana é possível intensificar a revisão.

Faça as provas anteriores

Uma boa maneira para testar o conhecimento é fazer as provas anteriores dos concursos.

Como a quantidade de matéria é enorme, os examinadores acabam repetindo muitos assuntos.

Antes de começar a estudar, faça uma seleção dos exames anteriores, separe por assunto e tente fazer todos os dias.

Depois faça uma revisão da matéria daquelas questões que você errou.

Estude a banca examinadora

Você sabe quem vai elaborar a sua prova?

Pois é muito importante conhecer a banca examinadora.

As principais são Fundação Carlos Chagas, FGV, Cespe, Cesgranrio e FGV.

Estude como é o estilo de cada uma.

Algumas são mais objetivas, outras usam mais o raciocínio lógico nas questões, outras a capacidade de interpretação de texto.

O candidato que entende o perfil da banca consegue estudar de modo mais eficaz e certamente se sairá melhor.

Seja focado

Fique longe da internet e das redes sociais na hora que estiver estudando, pois elas são ótimos para desviar nossa atenção e tirar o foco.

Se for preciso desligue o celular ou as notificações de mensagem.

Lembre-se : É preciso muita concentração para realmente fixar a matéria!

Não se isole

Apesar de ter que manter o foco e disciplina, não é possível ser bem-sucedido se não tirar um tempo para relaxar.

Mesmo quem está estudando com afinco deve reservar um tempo para o lazer e pensar em outras coisas.

Isso vai fazer a mente voltar relaxar e ficar pronta para recomeçar os estudos.

Atividades físicas também são sempre recomendadas.

Então, você acha que essas dicas vão te ajudar a passar no próximo concurso? Como você costuma estudar? Conte para a gente através dos comentários!

Seja Aprovado em Qualquer Concurso!

E então, você já participou de um concurso dos Correios antes? Como foi a sua experiência? Compartilhe através dos comentários!

Espero que tenha gostado e que esse artigo possa ser realmente útil para você!

Deixe um comentário, dizendo se gostou ou não, pois seu feedback é muito importante para mim.

Sucesso e bons estudos!

Atenciosamente,

Léo Oliveira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.