Conheça o método Pomodoro e saiba como ele pode te ajudar

Pomodoro, em italiano, significa “tomate”.

Mas não, esse texto não será sobre culinária.

Iremos falar sobre uma técnica de gerenciamento de tempo que pode te ajudar muito na hora de se concentrar nos estudos! Ficou interessado? Confira!

A origem

O método Pomodoro foi criado pelo italiano Francesco Cirillo no final dos anos 1980.

Na época, ele estava na faculdade e tinha muitas dificuldades para estudar, sempre se distraindo e perdendo a concentração.

Se identificou? Pois é, isso é bastante comum, em qualquer lugar do mundo, em qualquer época.

Para mudar isso, Cirillo começou a desenvolver uma técnica para conseguir cumprir as suas metas diárias, sem procrastinação.

Receita do sucesso

O método foi batizado de Pomodoro em referência àqueles timers de cozinha em formato de tomate.

A técnica é muito simples: só é preciso um marcador de tempo, papel e caneta.

Você marca 25 minutos no timer (ou no alarme do celular, no cronômetro do computador – vale tudo!) e, durante esse período, não faz nada além de focar nas suas obrigações, sejam elas estudar, responder e-mails, escrever um texto etc.

Isso mesmo, nada de Facebook, Twitter, Whatsapp ou de ficar olhando o tempo passar pela janela.

Acabado esse bloco de tempo, chamado pomodoro, você tira cinco minutos para ir ao banheiro, tomar uma água, checar as suas redes sociais, relaxar. Depois, mais 25 minutos de concentração nos estudos. Ao final de quatro pomodoros, você descansa um tempinho maior, de 15 a 20 minutos.

Enquanto estiver no meio dos 25 minutos de dedicação total, caso você se lembre de algo urgente para fazer, do tipo ligar para desmarcar uma consulta médica ou enviar um e-mail importante, nada de interrupções: anote no papel e deixe para fazer durante o seu intervalo.

O ideal é que você prepare, antes de iniciar o dia, as tarefas que pretende executar, separando-as entre as que são prioridade e as que podem ficar para depois, caso não dê tempo.

E, ao final do dia, faça um balanço de quanto tempo demorou em cada tarefa e de quantos pomodoros gastou.

Modo de preparo

Para aplicá-lo na sua rotina de estudos, é bastante simples.

Ao começar o dia, defina as matérias ou assuntos que precisa estudar.

De preferência, estabeleça um tempo para cada uma, de modo a caber nos blocos de 25 minutos.

Assim, você inicia o próximo pomodoro com um assunto novo.

Caso não dê tempo de terminar, não tem problema: retorne a ele no bloco de tempo seguinte.

Aos poucos, você vai aprendendo a administrar melhor o seu tempo. Uma boa ideia é separar dois ou três pomodoros para uma disciplina ou assunto, por dia.

Assim, você se dedica o suficiente a ele, sem se cansar.

Vantagens dos pomodoros

Um dos pontos mais interessantes dessa técnica é que, além de incentivar a concentração total, também abre espaço para o descanso entre as atividades.

Dessa forma, a sua mente não se desgasta tanto, e, quando você retorna aos estudos, consegue se concentrar mais e render melhor.

O método Pomodoro pode ser muito útil para os seus estudos.

Sofremos com muitas distrações no dia-a-dia, e concentrar-se é um desafio cada vez maior.

Se você tentar cumprir à risca a técnica, com foco e determinação, pode aumentar muito a sua produtividade.

Mas para tanto, não se esqueça que será preciso disciplina e muita força de vontade!


E aí, o que achou do método Pomodoro? Vai experimentá-lo? Você utiliza alguma outra técnica de estudos? Conte pra gente!

3 comentários em “Conheça o método Pomodoro e saiba como ele pode te ajudar”

  1. Muito interessante, Léo. Com certeza vou tentar, mas acho que posso maximizar esses 25 minutos para 30 ou mais. De qualquer forma, parece ser um método bem eficiente.
    Valeu!

  2. Mto bom! Vou tentar aplicar o método Pomodoro. É mt difícil ficar sem mexer no whatsapp. Já é um vício. Mesmo sabendo que não tem nenhuma msg vou lá e dou uma olhada. Terrível!!! Mas vou conseguir! 25 min é um tempo mto bom. Obrigada pelas dicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.