O que você faria se tivesse 6 meses para se preparar para concurso?

E aí galera? Tudo bem?

Espero que tenham passado um ótimo Natal e agora você já deve estar pensando sobre o que fazer e traçando todos os seus planos para 2016, não é mesmo?

Então nesse momento muito importante de nossas vidas eu quero trazer uma reflexão para você!

Recentemente, me fizeram uma pergunta a qual eu achei muito interessante e resolvi postar em formato de artigo aqui no Blog.

Provavelmente, você deve ser um dos milhares de concurseiros que possivelmente estão em busca de uma estratégia de estudos que traga resultados no menor tempo possível…

Se você tem pouco tempo para se preparar para concurso e se você está procurando por dicas pela internet de como fazer isso de forma estratégica e com resultados, então eu recomendo que você continue a leitura desse artigo agora mesmo!

Vamos lá! A pergunta é a seguinte:

O que você faria se você tivesse 6 meses para se preparar para um concurso?

Bem, fiquei pensando algum tempo, e tentei resgatar o máximo das estratégias que eu apliquei quando eu estudava para Concursos Militares como a EPCAr (Escola Preparatória de Cadetes do Ar) e CN(Colégio Naval) por exemplo, quando eu tinha apenas 14 anos.

E esse foi mais ou menos o tempo que eu tive para me preparar para esses concursos: 6 meses de estudo.

Detalhe, esses concursos eram extremamente concorridos e o nível exigido nas provas era muito acima da média do ensino dado na minha humilde Escola Estadual no interior do estado do Rio de Janeiro…

Só para ter uma ideia, a concorrência da EPCAr foi de 120 vagas, para mais ou menos 20 mil inscritos, o que dá uma média de 166 candidatos por vaga.

Agora imagine um adolescente de apenas 14 anos se deparando com uma concorrência dessas e ainda sim conseguir ser aprovado!

Para algumas pessoas, isso era um fato impossível de acontecer (escutei muitas pessoas falarem que era impossível eu passar nesses concursos, que isso era coisa de “NERD”, que só passava quem tinha dinheiro pra pagar escolas boas, que só passava quem tinha “peixada” ou algum tipo de “apadrinhamento”, etc.)

Enfim mil motivos eu tinha para desistir, e achar que realmente aquilo não era pra mim…

Que passar no concurso seria impossível e que eu nunca conseguiria passar já que meus pais não tinham condições de pagar qualquer tipo de cursinho preparatório de para mim.

No entanto, apesar do mundo conspirar contra mim, o impossível aconteceu…

leoeleir epcar 2000 (Minha primeira volta pra casa depois que eu passei na EPCAr, foto com meu irmão mais novo! Ano: 2000)

Eu consegui ser aprovado nos dois Concursos naquele ano estudando sozinho em casa, sem professor e sem ajuda de ninguém!

É realmente um feito, entretanto, como será que eu consegui fazer isso?

Fiquei pensando, e resolvi escrever algumas linhas de uma forma bem legal, fazendo comparações e contando de uma forma bem descontraída sobre o que eu acredito que fez a diferença pra mim e que possivelmente também fará diferença pra você, desde que você acredite e realmente aplique e faça acontecer na sua preparação!

Então vamos lá!

Preparar-se para concurso, em condições normais, já não é tarefa simples — tem gente que passa anos fazendo cursinhos para conseguir ser aprovado!

Mas se você está com um cronograma apertado — de seis meses ou menos até o dia da prova —, a tarefa começa a se aproximar daquela conhecida série de filmes estrelada por Tom Cruise.

6 meses para se preparar missão impossivel estudar para concurso

Felizmente, assim como nos filmes, a parte do “impossível” dessa missão fica só no nome mesmo, e dá para você garantir a classificação apesar da falta de tempo.

Porém, para isso, você vai ter que seguir as minhas dicas com a disciplina e criatividade de um agente secreto e usar as ferramentas que vou te apresentar com o mesmo profissionalismo.

Preparado para encarar esse desafio? Então continue lendo e descubra o passo a passo de como estudar para um concurso em 6 meses ou menos!

6 meses para se preparar monte a sua estratégia

Monte a sua estratégia com cuidado

Em toda história de espionagem ou missão secreta é assim: os heróis têm uma meta (salvar o presidente, pegar um criminoso no flagra, descobrir quem matou aquele personagem importante, etc.) e uma série de ferramentas (geralmente um monte de armas high tech) para cumpri-la.

No entanto, antes de entrar em ação, eles se sentam com os cabeças da organização de inteligência secreta e bolam um plano infalível — ainda que difícil de ser cumprido.

Para se preparar para um concurso em pouco tempo, você também vai ter que agir assim, ou seja, antes de pegar os livros e mandar bala, vai ser preciso traçar uma estratégia minuciosa para dar conta do recado. Para isso, sugerimos que faça o seguinte:

Elabore um plano de estudos à prova de tudo

Fazer um plano de estudos é o primeiro passo para se preparar para qualquer concurso, mas no caso de quem não tem tanto tempo assim até o dia da prova, é preciso passar por essa etapa com alguns cuidados especiais.

Lembre-se:

6 meses para se preparar se você falha em planejar está planejando falhar

Um cronograma apertado significa que qualquer deslize pode atrasar todo o seu planejamento, e aí você pode chegar no grande dia sem ter visto tudo o que queria.

Por isso, é imprescindível que você se planeje para estudar pelo menos o básico ou os pontos mais relevantes de cada matéria em, no máximo, três quartos do tempo até lá.

Assim, você garante que vai chegar na prova preparado, mesmo que não tenha conseguido se aprofundar nos detalhes. (Fique atento a essa dica, muita gente peca nesse detalhe!)

6 meses para se preparar saiba priorizar o que é mais importante

Saiba priorizar o mais importante

Nos filmes de ação, não é raro que os agentes secretos tenham que fazer alguns sacrifícios e decidir, em questão de segundos, entre salvar uma pessoa ou outra, por exemplo.

Parece dramático, mas na sua preparação, você também vai precisar saber muito bem o que é mais importante para o caso de ter de fazer algo desse tipo…

Digamos, por exemplo, que você esteja estudando para um concurso em que as questões de Direito Trabalhista valham o dobro das de Matemática. Se acontecer qualquer imprevisto durante a preparação, qual disciplina você vai priorizar?

Em um cronograma sem margem para erros, pode ser preciso sacrificar o estudo de uma matéria em prol de outra, e nesse caso você precisa saber muito bem qual delas é mais importante!

6 meses para se preparar ferramentas corretas

Use as ferramentas certas e de forma otimizada

É claro que o ideal para ficar realmente preparado para o concurso é passar por várias etapas de estudo, da primeira leitura à revisão usando Flashcards, passando pelas anotações sobre os textos, elaboração de resumos e resolução de exercícios.

Mas para quem está com certa pressa, você precisa ser inteligente e estratégico nesse sentido e pode ser preciso pular alguns desses passos.

Se houver tempo para realizar pelo menos uma leitura atenta do material teórico, faça-o em conjunto com a parte das anotações e marcação de palavras-chave.

Assim, no lugar de ter de ler tudo por uma segunda vez com uma caneta marca-texto para, depois, elaborar um resumo, você pode simplesmente reler  as anotações que fez nos rodapés das páginas e trechos marcados na primeira leitura para relembrar o que aprendeu.

Da mesma forma, além de trabalhar com Flashcards, Mapas Mentais e exercícios de vários níveis, você pode também se concentrar na prática de realizar simulados e provas anteriores do concurso que você deseja ser aprovado.

Isso permite que você conheça de perto o estilo da banca e o tipo de questão que tem mais chance de cair na prova, além de também servir como teoria quando você descobre por que errou ou acertou determinada resposta.

Desse jeito, você reduz uma preparação de diversas partes a duas etapas: ler fazendo marcações e praticar com os simulados — claro que é preciso também reler, mesmo que não integralmente, e corrigir as questões que resolveu, mas mesmo assim já dá para acelerar o processo sem perder muito em aprendizado.

Tenha sempre um plano B

6 meses para se preparar tenha sempre um plano B

Nenhum bom agente secreto entra em campo sem um plano B, e você também não deve começar sua missão sem pensar nele!

Como todo plano B, o cenário ideal é aquele em que ele não sai do papel, mas caso aconteça, você já sabe, não é?

Mas atenção: não estamos falando aqui de um plano B para o caso de você não conseguir passar no concurso.

Aliás, durante a preparação essa ideia desmotivante não deve nem passar pela sua cabeça…

Estamos falando aqui somente de imprevistos que possam atrapalhar a realização do plano A, ok?

Para evitar o pânico e conseguir usar toda a sua resiliência em qualquer situação, pense no que você fará caso as coisas não saiam como planejado até o dia do exame.

Imagine um cenário como: você precisou fazer várias horas extras no trabalho e perdeu semanas irrecuperáveis de estudos ou ficou preso em uma matéria muito difícil e atrasou seu cronograma em muito tempo.

Aqui, voltamos à pergunta que fizemos antes: o que deve ser priorizado?

Se possível, pode ser legal montar uma lista de emergência com as atividades e disciplinas mais relevantes em ordem de importância, assim você sabe pode onde começar e o que pode eliminar, se necessário.

6 meses para se preparar coloque seu plano em ação

Coloque seu plano em ação

Depois de bolar uma estratégia com cuidado, rever o seu plano e confirmar que ele cabe no seu cronograma e está organizado de modo a te salvar mesmo em caso de imprevistos, dê play na trilha sonora de “Missão Impossível”, pegue suas ferramentas e comece a trabalhar!

Encare a preparação como um treinamento de alta performance e saiba agir de acordo com isso:

6 meses para se preparar faça da disciplina seu maior aliado

Faça da disciplina seu maior aliado

Quando se fala em alta performance, logo pensamos em atletas olímpicos, não é?

Pois você também vai ter que se transformar em atleta para conseguir se preparar para o seu concurso em 6 meses (ou menos!), pelo menos no que diz respeito à disciplina.

Encare o concurso como as Olimpíadas ou o Campeonato Mundial e prepare-se como se quisesse conquistar a medalha de ouro a qualquer custo.

Isso significa respeitar seu cronograma com pontualidade inglesa, manter a concentração no máximo na hora de estudar e cumprir suas metas uma a uma, todas dentro do prazo.

Quanto mais você conseguir se controlar para seguir sua estratégia à risca, mais chances tem de realizar a missão com sucesso!

6 meses para se preparar ganhar mais tempo

Aposte em técnicas que te ajudem a ganhar tempo

Se mesmo com disciplina e dedicação, você sentir que não está conseguindo render tanto quanto precisa, ainda não é hora de se desesperar: você tem último recurso como carta na manga — que não tem nada a ver com “cápsulas de cianeto escondidas em dentes falsos ou bolsos secretos”.

Estamos falando de técnicas que podem dar aquele “boost” na sua produtividade, aumentando sua concentração, fazendo mais tempo na sua rotina e garantindo que você cumpra o plano A.

É claro que você pode optar por usá-las desde o começo, mas se não fizer isso, saiba que elas podem te salvar em momentos de pânico.

O  método Pomodoro, por exemplo, pode servir para que você cumpra suas metas no prazo estipulado, enquanto o sistema GTD te ajuda a resolver outros assuntos do dia a dia para evitar que a rotina atrapalhe sua preparação, o que acha?

6 meses para se preparar respeite os limites do seu corpo

Respeite os limites e necessidades do seu corpo

A comparação que fizemos algumas linhas antes com um atleta olímpico não é gratuita: como no caso deles, você não vai colocar sua saúde em risco, afinal, precisa dela para chegar aonde quer, não é?

No lugar de virar a noite estudando e abusar do uso de café e energéticos para tentar dar conta do recado, então, faça o contrário: respeite o seu cronograma para conseguir dormir cedo (e em quantidade suficiente), cuide da sua alimentação e fuja dos riscos dos estudos em excesso.

Ter horários para descansar e até se descontrair, sair com os amigos e se divertir também é importante para manter a sua motivação, que é outra ferramenta importantíssima para você conseguir lidar com o estresse e correria da preparação.

Consulte as bases, sempre que necessário

6 meses para se preparar consulte as bases sempre que necessárioPor fim, lembre-se de que, assim como James Bond conta com o pessoal da MI6 para orientá-lo em suas missões, você também pode e deve consultar seu cronograma, seu planejamento de estudos e até o nosso blog sempre que precisar de uma mãozinha para continuar!

Setredos dos Concursos

Bem, espero realmente que tenha gostado desse artigo!

Quis fazer esse artigo de uma forma bem descontraída para contar aquilo que funcionou comigo e que pode sim ser aplicado em qualquer preparação para Concurso, desde que aplicada do jeito certo.

Comente aqui embaixo contando se ficou com alguma dúvida, quanto tempo você tem até o concurso e como está se preparando.

Lembre-se eu posso te ajudar nessa missão!

Um feliz ano novo e que todos os seus planos e sonhos se realizem em 2016!

Mas lembre-se:

Você precisa fazer aquilo que pensa que não é capaz de fazer!

6 meses para se preparar você precisa fazer aquilo que pensa que não é capaz de fazer

Faça por merecer e faça acontecer em 2016…

Sucesso e bons estudos!

Atenciosamente,

Léo Oliveira

3 comentários em “O que você faria se tivesse 6 meses para se preparar para concurso?”

  1. Guilherme Menezes Da Silva

    Olá, sou o Guilherme e gostei muito deste tópico. vou fazer 17 anos e terminar o ensino médio, mas vou prestar EPCAR em 2017. Fco com um pouco de receio em saber que irei demorar muito para me formar… O que o sr. acha sobre isso? Obrigado e Deus abençoe!

    1. Cara, esse ano vai ser o meu ultimo para fazer a EPCAr , eu também estou um pouco desanimado pra fazer o concurso pois também vou fazer 17 esse ano , eu poderia fazer a prova da AFA de uma vez , só que eu acho que vale a pena tentar ir pra EPCAr , pq vc vai ter a honra de ter feito o ensino médio lá e também sera mais fácil ir pra AFA e existem várias pessoas que refizeram o ensino médio lá só pra ter essa honra de ter estudado lá. Como muitos dizem são experiências inesquecíveis !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.