Organização e preparação para Concurso: pontos-chave do estudante!

Muitas pessoas sonham em passar no concurso público, no entanto antes de prestar a prova decisiva para conquistar a vaga é preciso que o estudante possua um cuidado especial com a organização e preparação.

Após definir qual a área e cargo de interesse inicia-se uma fase decisiva de muita concentração, dedicação e estudo.

É uma etapa fundamental que pode definir grande parte do sucesso na avaliação.

Em primeiro lugar, é preciso ter em mente que você precisará de um lugar e tempo destinados apenas aos estudos. Além disso, é preciso de programas e criar um plano de estudo.

Neste post você vai conferir as principais dicas para se preparar com o máximo de antecedência e encarar o concurso da melhor forma possível!

Organização e Preparação começa com uma boa leitura do edital

Antes mesmo de se inscrever para o concurso leia todo o edital, em detalhes, para conhecer todas as informações e regras, evitando surpresas futuras.

Verifique qual a instituição responsável pelo concurso, número de vagas, dados da oportunidade (carga horária, atividades, remuneração), formato da prova, bem como data e etapas, e, principalmente, conteúdo a ser estudado, que servirá como guia para a próxima fase.

Defina um local específico para o estudo

É importante ter um local silencioso, bem iluminado e organizado para poder se dedicar exclusivamente aos estudos.

Para conseguir passar muitas horas no mesmo lugar é preciso que seja o ambiente seja agradável e confortável.

Ter uma cadeira e mesa adequadas também é fundamental.

Além disso, procure manter a temperatura adequada e ter um espaço para guardar todo o material que poderá precisar.

Estabeleça dias e horários para cada matéria

Crie um calendário com tudo o que você estudará.

Separe em dias e horários, de acordo com a dificuldade e quantidade de conteúdo que precisará aprender em cada uma das matérias.

É possível definir o dia em dois ou três turnos, para que a carga não fique muito pesada ou cansativa.

Além disso, é importante reservar ao menos um dia para descansar e fazer outras atividades.

Consulte provas anteriores

Conhecendo a organizadora do concurso, será possível ter acesso a provas anteriores para utilizar como material de apoio e ter uma ideia inicial das perguntas que são realizadas.

Além disso, essa consulta é importante para que você fique mais familiarizado com o tipo de prova que costuma ser aplicada e, desta forma, esteja ainda mais preparado para quando chegar o seu momento de ser avaliado.

O que fazer estudar uma materia por vez ou todas ao mesmo tempo

O que fazer: estudar uma matéria por vez ou todas ao mesmo tempo?

O período de preparação é marcado por ansiedade e expectativa, mas não precisa atropelar as coisas e tumultuar os estudos.

Todo o processo que antecede o dia da prova deve ser bem planejado e, para tanto, é necessário criar estratégias para aumentar o aproveitamento e melhorar o aprendizado.

Uma boa maneira de fazer isso é montar um cronograma para estudar, estabelecendo prioridades e objetivos de forma clara.

Além disso, é essencial saber como, o que e quando estudar.

Por exemplo, há quem goste de estudar uma matéria de cada vez e quem prefira estudar todas ao mesmo tempo.

Você sabe qual é a melhor escolha? Continue lendo o artigo e descubra qual é o jeito ideal para você!

Estudar várias matérias é mais dinâmico

Se você detesta monotonia e está longe de ser um concurseiro muito metódico, o ideal é estudar várias matérias ao mesmo tempo, até porque, estudar de maneira modular, até esgotar uma única matéria, é mais enfadonho do que estudar assuntos diferentes no decorrer da semana.

Em raras exceções, o estudo de matérias isoladas consegue empolgar o concurseiro, contagiá-lo e mantê-lo motivado, o que pode levá-lo ao maior domínio do conteúdo.

Na dúvida, teste as duas possibilidades.

A variação impacta positivamente na concentração

Ao variar no estudo das matérias, o estudante pode ter uma melhora significativa na concentração, especialmente porque o contato com a novidade e a quebra de padrões libera dopamina e isso eleva o nível de concentração, impactando positivamente na ativação dos mecanismos de atenção.

Variar estimula a cognição

Estudar simultaneamente matérias distintas é positivo também porque aumenta a capacidade cerebral de dar respostas.

De acordo com a neurociência, entrar em contato com coisas diferentes proporciona variados estímulos às estruturas cognitivas, influenciando diretamente no aprendizado.

O estudo de variadas matérias melhora o aproveitamento

O estudo de variadas matérias ao mesmo tempo permite que a preparação para o concurso  avance de maneira uniforme.

Ou seja, ao adotar essa estratégia, a tendência é que você conclua o estudo de todo o conteúdo do edital no mesmo período, sem correr o risco de alguma matéria ser deixada para trás.

Aposte em um modelo híbrido de estudo

Outra forma de estudar, sem comprometer o rendimento, é seguir um modelo híbrido, isto é, começar estudando em módulos de matérias e, a caráter de revisão, em etapa posterior, diversificar os conteúdos.

Essa estratégia costuma gerar bons resultados para os concurseiros, pois permite o aprendizado amplo e profundo.

E você, como prefere estudar? Lembre-se que o estilo, as estratégias e o ritmo de estudos costumam variar de pessoa para pessoa, portanto, o que funciona para um, pode não funcionar para outro.

Sendo assim, não encare esse texto como o caminho das pedras ou uma fórmula infalível para se dar bem nos concursos por aí.

Se ao estudar várias matérias de vez, você não apresentar um bom desempenho ou não se sentir plenamente confortável, crie suas próprias estratégias e passe a estudar de forma modular.

Logicamente, existem modelos e estratégias que já foram testadas por diversos concurseiros de sucesso, e eu gosto sempre de lembrar isso: Não adianta querer reinventar a roda…

É muito mais fácil e prático, aplicar aquilo que já funcionou com outras pessoas e a partir desse ponto começar a adaptar aquilo que seja melhor para cada concurseiro, do que inventar um método ou maneira de estudar do zero…

Quais as vantagens de ser um funcionário público?

Quais as vantagens de ser um funcionário público?

Pelo menos 12 milhões de pessoas devem se inscrever em concursos públicos no Brasil disputando uma das mais de 80 mil vagas a serem abertas por aqui em 2015.

Ou seja: 150 concorrentes para cada cadeira disponível no setor — proporção que supera até mesmo os processos seletivos em Medicina das universidades mais concorridas do país.

Mas afinal, o que faz com que um grupo cada vez maior de brasileiros se interesse por concursos públicos?

A resposta está nas vantagens oferecidas aos servidores que atuam na área. Listamos algumas delas neste post. Confira:

Estabilidade

Em tempos de crise econômica você, com certeza, já esbarrou por aí com alguma notícia sobre demissões em massa no setor privado.

Isso é algo que não acontece no setor público.

Após três anos do chamado estágio probatório, em que o servidor é avaliado, ele é efetivado e chega à tão sonhada estabilidade.

Essa é, na realidade, a palavrinha mágica da carreira pública, que não permite desligamentos sem justa causa.

O funcionário público só perde o cargo se for acusado, julgado e sentenciado culpado em processo administrativo ou sindicância.

Remuneração

Outro fator ligado a “estabilidade” com peso na carreira pública diz respeito aos vencimentos.

Enquanto no setor privado os salários dependem da economia como um todo e correm o risco de ser reduzidos em momentos de instabilidade, nas instituições federais, estaduais ou municipais tal possibilidade é nula.

Além disso, há o quesito “valores”.

A diferença nas remunerações para os mesmos cargos entre os dois setores é outro ponto de estímulo.

Um jornalista brasileiro atuando no Distrito Federal em regime de cinco horas diárias para mídia impressa e eletrônica tem piso salarial previsto em R$2,1 mil.

Vagas públicas no Supremo Tribunal Federal disputadas em 2013, com a mesma carga horária, previam pagamentos de R$7,5 mensais.

Carreira e aposentadoria

Com planos de carreira e progressões estipuladas de acordo com tempo de serviço e qualificação acadêmica, o serviço público permite planejamento da trajetória profissional com maior tranquilidade — e previsibilidade.

Há ainda o fator previdenciário: as aposentadorias da iniciativa privada ficam limitadas ao teto de, aproximadamente, R$2,8 mil independentemente do salário recebido pelo contribuinte ao longo da carreira.

No caso dos servidores públicos é permitido por lei o recebimento dos valores pagos como remuneração mensal.

E mais: o aposentado continua livre para prestar outros concursos e assumir outros cargos se assim desejar.

Concorrência

Ingressar na carreira pública não é tarefa das mais simples.

Exatamente por isso, não se pode falar em “tentar a sorte” no setor. Não se trata de uma loteria em busca de empregos.

É preciso, antes, se dedicar aos estudos e, muitas vezes, insistir na participação em provas para enfim conseguir a aprovação.

Por outro lado, vale lembrar sobre a equidade da concorrência.

Qualquer pessoa que preencha os requisitos educacionais pode se inscrever e concorrer a uma vaga sem discriminação de cor, classe social, gênero e sem o chamado “apadrinhamento”.

Essas características tornam o investimento no setor público algo interessante inclusive para quem quer assinar a carteira de trabalho e se firmar no mercado profissional pela primeira vez.

Afinal, o quesito “experiência prévia” não conta no primeiro momento — apenas como critério de desempate nos concursos voltados ao setor da Educação, por exemplo.

Você já sonha com um cargo público?

Que outras vantagens listaria aqui? Se ainda está se decidindo sobre concursos, se convenceu com este post? Deixe sua opinião nos comentários e continue acompanhando nosso blog!

Mãos à obra!

Com toda essa organização e preparação para estudantes, é hora de iniciar os estudos e apostar em revisões e resumos para auxiliar nesse processo.

Procure estudar no seu ritmo, acelerando ou diminuindo a frequência sempre que for necessário.

Além disso, foque nos conteúdos que tiver maior dificuldade, mas não deixe de passar por nenhum ponto, mesmo que seja algo mais fácil.

Quanto mais seguro você estiver, melhor se sairá na prova e maiores serão as suas chances de conseguir a desejada vaga!

Agora que você já sabe como se organizar e se preparar para o concurso público, é hora de colocar essas dicas em prática!

Seja Aprovado em Qualquer Concurso!Não perca mais tempo e vá em busca da sua aprovação! E não deixe de voltar aqui e contar para a gente os resultados!

Espero que esse post seja útil para você…

Caso tenha te ajudado de alguma forma, com certeza poderá ajudar outras pessoas também…Que tal compartilhar esse artigo com seus amigos?

Tenha uma ótima semana!

Sucesso e bons estudos!

Atenciosamente,

Léo Oliveira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.