Por que não devo virar a noite estudando?

Quem é que nunca virou a noite estudando para uma prova ou fazendo algum trabalho de última hora?

E quem é que, apesar de todo esse esforço noturno, não se saiu bem nos exames e ficou pensando em como poderia ter aproveitado a noite para dormir e relaxar para as tarefas do dia seguinte?

Pois bem, virar a noite estudando, ou mesmo trabalhando, definitivamente não é a resposta para conseguir um bom desempenho e se dar bem nas suas obrigações.

Esse hábito pode, inclusive, ter o efeito contrário: fazer a pessoa se sair ainda pior do que se tivesse aproveitado sua noite de sono de maneira plena.

Quer saber mais o porquê de não virar a noite estudando?

Então continue acompanhando o nosso artigo!

Déficit de sono prejudica a memória

Uma boa noite de sono é um dos fatores que mais contribuem para a boa memória.

Já o contrário, quando o organismo não faz essa pausa noturna para descansar e assimilar as informações adquiridas ao longo do dia, suas funções cognitivas ficam prejudicadas e o acesso ao conteúdo estudado também.

Pois é durante o sono que a memória de curto prazo se transforma em memória de longo prazo.

Portanto se você não dorme adequadamente você está fadado a não gravar aquele assunto estudado em sua memória de longo prazo e não vai aprender de verdade e dessa forma tudo que estava na sua memória de curto prazo será perdida.

Dessa forma, se você vira a noite estudando, corre sérios riscos de ter aquele “branco” na hora da prova, pois seu cérebro estará cansado e distante do uso pleno de suas funções.

Pesquisas sobre esse tema não cessam de acontecer: a comparação entre alunos que dormiram uma boa noite de sono e os que ficaram acordados estudando.

Adivinhe quais deles tiveram os melhores desempenhos?

Déficit de sono prejudica a associação de ideias

Além de prejudicar a memória, o déficit de sono prejudica o raciocínio, ou seja, a associação de ideias e a construção de argumentos lógicos.

Isso pode acontecer logo na leitura do enunciado de seu exame: ele pode estar dizendo “a” e você entendendo “b”, justamente pela falta de concentração proporcionada pela ausência de uma boa noite de sono.

Entendendo mal o enunciado, sua resposta já estará errada desde o início!

Ou então, pode ser que você entenda o enunciado corretamente mas não consiga construir um argumento lógico com as informações necessárias.

De todo modo, o sucesso poderá não estar garantido.

Pode ser que você não acorde no dia seguinte!

Se você vira a noite estudando e faltando poucas horas para fazer o seu exame você decide tirar apenas um “cochilo”, você corre sérios riscos de não conseguir levantar e perder justamente o compromisso que o levou a passar a noite em claro.

E veja que isso foi até notícia em 2013: uma candidata ao Enem passou a noite estudando e chegou atrasada para a prova porque não conseguiu acordar.

Previna-se desse tipo de acontecimento e deixe o seu sono em dia para cumprir com suas obrigações diárias!

Poderá virar uma bola de neve!

Se você costuma virar a noite estudando para provas e continua frequentando aulas, você corre sérios riscos de estar invertendo tudo!

Ao passar por noites sem dormir, seu aproveitamento e assimilação das aulas será muito inferior em relação aos outros alunos que aproveitam a noite para dormir e descansar.

Isso significa que você estará se colocando em posição de desvantagem, o que poderá reverberar em sua colocação nos concursos que for prestar.

E então, você está convencido de que virar a noite estudando atrapalha mais do que ajuda?

Que tal se planejar melhor com horários determinados de estudo, mesmo que isso comprometa, por exemplo, o seu fim de semana?

Com disciplina e boa vontade você, com certeza, não precisará usar suas sagradas horas de sono!

Seja Aprovado em Qualquer Concurso!

Você já teve algum contratempo por ter passado a noite em claro estudando? Conte pra nós a sua experiência, deixe o seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.