Lição 02 – O Segredo Mais Simples Para Ser Aprovado No Concurso Da PRF

Lição #02 de 03

O Segredo Mais Simples De Todos Para Ser
Aprovado No Concurso Da PRF

— SPACER —

[text_block style=”style_1.png” align=”center” font_size=”24″ top_padding=”40″]“É nesse ponto que está a diferença entre aumentar exponencialmente as suas chances de passar já no próximo concurso da PRF ou somente acertar algumas questões na prova.”[/text_block]
[text_block style=”style_1.png” align=”left” font_size=”25″ font_color=”%23262626″]Rio de Janeiro – RJ

(Olá, se você ainda não leu a #Lição 01, pare tudo o que está fazendo e LEIA AGORA!)

Vamos continuar aqui nossa viagem rumo à APROVAÇÃO NO CONCURSO DA PRF.[/text_block]

[text_block style=”style_1.png” align=”left” font_size=”25″ font_color=”%23262626″]Em 2007, quando eu já estudava para o concurso da PRF, eu nunca tinha ouvido falar em Desenvolvimento Pessoal ou Alta Performance.

Nessa época, eu era Terceiro Sargento da FAB – Força Aérea Brasileira, e um certo dia, eu recebi um presente da minha querida mãe, um pequeno livro de bolso. O presente que mudou minha vida. (E talvez essa leitura mude a sua…)

Bem, mesmo sem entender nada sobre o assunto, eu comecei a ler. Era um livro chamado “Seja líder de si mesmo”, do Dr. Augusto Cury (Ed. SEXTANTE).

Junto com a livro veio uma frase, que encontrava-se na contracapa, a parte de trás do livro. Ela dizia o seguinte:

“Ser Ator principal do palco da vida não significa não falhar ou não chorar. Significa refazer caminhos, reconhecer erros e aprender a gerenciar os nossos pensamentos e emoções.”

Essa frase me impactou muito. Pois eu tinha acabado de passar por uma situação muito ruim, onde o concurso da PRF tinha sido cancelado e eu havia contraído dívidas para bancar os meus estudos e viajar do Rio de Janeiro à Brasília para fazer a prova…

Parei tudo o que eu estava fazendo e comecei a ler…

Lendo as páginas, vi muitas semelhanças com a minha vida.

O livro tinha como foco principal mostrar ao leitor como se tornar o líder da sua própria vida, dominando suas ações e pensamentos para atingir um alto nível de conhecimento de si mesmo, ajudando a superar dificuldades, limitações e traumas anteriores para ajudar o leitor a explorar o seu máximo potencial.

Foi nesse dia que recomecei minha jornada para o Concurso da PRF.

Não sei se você já se sentiu assim, mas naquele momento eu estava cansado da vida que eu estava levando…

Eu sentia muito orgulho em pertencer à Força Aérea Brasileira, e até me divertia em trabalhar com Aviação de Caça, era uma atividade muito importante e de grande responsabilidade,…

Mas estava cansado de viver sem perspectiva de dias melhores.

A frustração é CRUEL..

As pessoas ao meu redor só sabiam reclamar do salário e das condições de trabalho.

“O salário está muito baixo…”, “A vida militar é muito ruim…”, “Não consigo acertar as minhas contas.”, “Não aguento mais isso aqui…”

Enfim.. .

Lembro ainda uns dias antes que recebi uma ligação às 2 da manhã, tinha acontecido algum acionamento em nossa Unidade Militar e lá fui eu correndo um grande risco para atravessar a cidade do Rio de Janeiro durante a madrugada para descobrir que era apenas um treinamento.

Pera aí.. Eu era como um médico que tinha que estar de plantão 24 horas, para resolver problemas. Detalhe, eu não ganhava como um médico! Na verdade estava anos-luz longe disso…

Eu precisava mudar, não podia continuar naquela situação, e esse pequeno livro foi o ponto de virada na minha vida.

Para encurtar a história, eu devorei este livro e mais alguns materiais para aprender como encontrar em mim todos os recursos que eu precisa para recomeçar a minha trajetória e, em poucas semanas, eu já tinha retomado a minha rotina de estudos.

Troquei o Método de Força Bruta de Estudos por Estratégias, Metas e Planejamento.

Durante o restante do ano de 2007 e no decorrer do ano de 2008 eu passei a ser um estudante organizado, entendendo mais como funcionava a rotina de um estudante que tem chances de ser aprovado. E comecei a aumentar absurdamente o meu rendimento.

É difícil trazer essa melhoria em números, até porque não existe como mensurar coisas do tipo: “Eu dobrei a minha capacidade de aprendizado!

O fato é que eu estava literalmente voando. E tendo um índice de acertos na casa dos 95% nas questões que eu resolvia.

Nessa época, eu conheci um conceito muito pouco difundido à época, mas hoje ele é muito falado, e até um pouco banalizado.

Trata-se do famigerado MINDSET.

Mas calma, eu já te explico o significado desta palavra.

O meu tempo total de estudos para a PRF foi de aproximadamente 2 anos e 7 meses, pois o concurso foi cancelado e demorou bastante tempo para ser reaberto.

Muitos consideraram um “saco” ter que estudar por quase 3 anos para um concurso cancelado e sem perspectiva de ser reaberto, mas para mim foi um período de muito crescimento, onde eu ganhei muita bagagem.

Lembra que eu falei que estava completamente quebrado na Lição 01?

Então foi nessa época…

Eu ganhava no máximo R$ 2.000,00 por mês, e estava pagando prestação de apartamento, com um filho recém-nascido, contas de casa. Além disso, eu tive despesas com cursos preparatórios, livros e apostilas, passagem aérea e hospedagem em Brasília para fazer o concurso cancelado.

Foi um golpe duro, que deixou uma ferida “quase fatal” na minha vida financeira.

Eu fiquei tão quebrado que praticamente tirei na sorte qual conta eu pagaria no mês e qual eu deixaria acumular para o mês seguinte.

Quem já passou ou passa por uma situação como essa, sabe do que eu estou falando.

Depois desses quase 3 anos de estudo, o concurso finalmente foi reaberto e eu fui aprovado, fazendo o curso de formação no início de 2009 e tomando posse no estado do Mato Grosso em julho desse mesmo ano.[/text_block]

O Que Acontece Na Mente Do Aprovado Que Ninguém Vê.

[text_block style=”style_1.png” align=”left” font_size=”25″ font_color=”%23262626″]O meu foco principal naquela época era passar no Concurso da PRF. Afinal eu precisava ganhar mais dinheiro do que eu ganhava como Sargento da FAB.

Mas não era só isso. Não era só ganhar dinheiro por ganhar.

Minha família estava crescendo. Meu filho precisava de mim. Eu tinha dívidas. Era tudo ou nada.

Mas até aí nada demais…

Todo mundo que quer passar em um concurso quer o salário, quer cuidar melhor da família. Isso é até meio clichê.

Agora eu te pergunto: Por que algumas pessoas conseguem superar essas dificuldades, e se dedicam até conseguirem ser aprovados e outras simplesmente não fazem nada?

Se todo mundo sofre por falta de dinheiro, a lógica é que todos deveriam lutar para melhorar isso.

É aí que entra aquela palavrinha estranha que eu falei no início desta lição.

O Mindset.

Deixa eu te explicar uma coisa antes de falar mais a fundo sobre o Mindset.

Durante toda a nossa vida, nós aprendemos a dirigir um carro, aprendemos matemática, ou voltando para o nosso universo, aprendemos a estudar para o concurso da PRF e aprendemos as matérias que estão no edital e podem ser cobradas na prova.

Eu poderia chegar aqui e, literalmente, vomitar um monte de técnicas de estudo para você, mas aí nós voltamos ao assunto que acabamos de falar: será que você colocaria em prática?

Pela minha experiência, a resposta seria NÃO.

Antes de ficar com raiva de mim, continue lendo…

Desde a nossa infância, nós não somos treinados para controlar nossos pensamentos e emoções. Nós aprendemos a explorar o mundo externo, mas somos incapazes de explorar o nosso ser.

Mesmo dominando uma séria de recursos tecnológicos, celulares de última geração e redes sociais, não conseguimos superar sentimentos como timidez, ansiedade, medo, mau humor e nossas frustrações com as situações que ocorrem em nossas vidas.

Nós somos doutrinados a viver como uma manada, aprendendo a regra de ouro: Estudar, conseguir um emprego (talvez você dê sorte e consiga de aposentar com mais de um salário mínimo), trabalhar até quase não ter mais forças, afinal o salário vai diminuir quando você parar, e torcer para poder pagar pelo menos os seus remédios quando ficar velho.

Isso está muito, muito errado.

Viver sem metas, sem objetivos, sem sonhos é como estar morto. É viver em uma prisão, apenas seguindo o fluxo da vida e vendo ela passar.

Isso é passado de geração a geração, de pais para filhos.

Nossos pais aprenderam a viver assim, se espelhando em seus pais. E nós aprendemos com eles e repassamos aos nossos filhos também.

Muitas pessoas preferem viver assim, uma vida limitada, por medo de se lançar a um desafio e sofrer as consequências.

Elas tem medo das vaias que a vida pode dar em caso de fracasso. É mais fácil continuar na mesma, afinal o tempo vai passar de qualquer forma.

E afinal, sempre sobra a esperança de dias melhores…

E assim se passam dias, meses, anos, décadas, e até mesmo toda uma vida de frustração.

Já que você está aqui, aceite o desafio de esquecer, por um momento, tudo ao seu redor e olhe para dentro de si.

Valorize-se como se você fosse uma grande estrela dos palcos. E você é a grande estrela do palco da sua vida.

Grandes artistas, personalidades políticas, ou celebridades não tem mais valor do que você. Na sua mente existem tantos segredos quanto a mente de um grande cientista.

Supervalorizar outras pessoas, tomando-as como seres superiores faz com que a sua mente acredite nisso.

E a consequência é ter medo de fazer o elas fizeram para ter sucesso.

Lembra do conceito de Modelagem de Sucesso da Lição 01?

Ter respeito e admiração por algumas pessoas e tomá-las como modelo é saudável. Considerá-las melhores do que você é algo doentio, que rouba a sua iniciativa e bloqueia a sua inteligência e liberdade de ação.[/text_block]

Brilhe No Palco Da Vida – Seja O Líder Das Suas Emoções

[text_block style=”style_1.png” align=”left” font_size=”25″ font_color=”%23262626″]Você pode ter uma grande história.

E, se você ainda não se orgulha da história que você tem, comece a reescrevê-la. Ainda há tempo.

Tenha humildade para reconhecer suas limitações e sabedoria para entender que você precisa evoluir como ser humano para crescer como concurseiro.

Durante essa jornada, provavelmente você vai falhar, vai chorar, vai tropeçar, se sentir inseguro ou com medo.

Reconheça esses erros e aprenda com eles.

Liberte-se de qualquer frustração ou medo por algo que tenha acontecido no passado.

Afinal, é impossível voltar no tempo para mudar o que passou.

Nós só podemos aprender a não cometer os mesmos erros ou mudar os comportamentos inadequados que tivemos.

Quem nós somos hoje é resultado de uma série de fatores. Somos influenciados pela herança genética, pelo ambiente familiar, pelo convívio social.

Mas junto com isso tudo tem o seu eu.

O seu eu representa a sua identidade e capacidade de tomar suas próprias decisões. Por isso, construa um eu consciente e livre, que seja o ator principal da sua própria vida.

A partir de agora você tem duas escolhas: Ser líder da sua vida ou ser vítima dos acontecimentos.

Essa jornada não será fácil, afinal você tem que aprender a reagir a toda uma vida controlada pelas emoções, medos e frustrações.[/text_block]

Os 3 Assistentes de Palco da Mente.

[text_block style=”style_1.png” align=”left” font_size=”25″ font_color=”%23262626″]Nossa mente conta com 3 Gatilhos que funcionam como uma espécie de sensores para determinadas situações.[/text_block]

1- Gatilho da Memória.

[text_block style=”style_1.png” align=”left” font_size=”25″ font_color=”%23262626″ left_padding=”30″ right_padding=”30″]O gatilho da memória é como uma programação mental que desperta uma reação quando determinada situação ocorre.

Esse estímulo por ser um som, uma imagem, ou até mesmo contato físico.

Imagine que você, durante a sua infância, em determinado momento teve dificuldades em matemática, por exemplo. Então, sua mente cria automaticamente um gatilho de memória todas as vezes em que você ouve falar de matemática.

O que vem em sua mente: “Eu tenho dificuldades em matemática“.

Sua mente se programou para rejeitar a matemática. Se você não reconhecer esta limitação e buscar maneiras efetivas de superá-la, talvez você viva com esse bloqueio por toda a sua vida.

Funciona da mesma maneira para as pessoas que não suportam ver sangue. Automaticamente, o cérebro cria um bloqueio reativo, que geralmente causa paralisia ou até mesmo perda de consciência e desmaio quando se tem contato com sangue.

Geralmente, essas reações são decorrentes de um trauma e suas consequências são devastadoras, fazendo com que deixemos passar oportunidades maravilhosas em nossas vidas.[/text_block]

2- Gatilho do Auto-fluxo.

[text_block style=”style_1.png” align=”left” font_size=”25″ font_color=”%23262626″ left_padding=”30″ right_padding=”30″]O Auto-fluxo é um fenômeno que gera a maioria dos nossos pensamentos. Ele produz os pensamentos que nos distraem, nos animam e nos fazem sonhar.

Experimento fechar os olhos por 1 minuto e “veja” tudo o que se passa em sua mente.

São infinitos flashes sem lógica, com imagens que vão e vem em uma fração de segundos.

Temos situações bizarras, lembranças de fatos da infância.

O Auto-fluxo nos faz viajar para o presente e o passado o tempo inteiro.

Algumas pessoas são tão intensas nisso que vivem distraídas, sem conseguir ouvir e se concentrar nos as pessoas falam ou no que se passa ao seu redor.

O Auto-fluxo é bom, pois faz a nossa mente fluir. Porém, o excesso pode nos prejudicar, afinal ele não produz apenas pensamentos saudáveis.

Existem situações em que ele acessa acontecimentos da nossa memória que foram ruins, ou traumáticos, e o resultado são emoções ansiosas, tímidas, culposas, ou preguiça.

Pensar é bom, mas pensar demais atrapalha. E um dos principais causas disso é o excesso de preocupações, de atividades ou até mesmo de informações.

Considerando a forma como nós vivemos hoje, com as milhares de notificações diárias Whatsapp ou das redes sociais, fica praticamente impossível manter a mente em um ritmo normal de funcionamento.

Esse bombardeio a que nos submetemos é um dos principais fatores da falta de concentração e de foco nos estudos.[/text_block]

3- Gatilho da Janela da Memória

[text_block style=”style_1.png” align=”left” font_size=”25″ font_color=”%23262626″ left_padding=”30″ right_padding=”30″]Nossa memória funciona por pequenas janelas, como se fosse pequenas fotografias de fatos inteiros. Imagine uma lista de vídeos do youtube, onde nós só acessamos o conteúdo quando abrimos o arquivo.

Algumas dessas janelas são lembranças positivas, que geram alegria, prazer e coragem. Outras são negativas, corrosivas, e despertam sentimentos de ansiedade e desmotivação.

Imagine o que se passa na cabeça de um pai que acaba de perder o emprego. Imagine o sentimento de que perdeu o rumo, o risco da família passar por necessidades, de perder a casa.

Algumas dessas janelas despertam imediatamente reações tão intensas que são capazes de bloquear completamente a capacidade de buscar uma solução racional para o problema e nos fazem agir por instinto.[/text_block]

Reprograme-se Para O Sucesso

[text_block style=”style_1.png” align=”left” font_size=”25″ font_color=”%23262626″]Se olharmos com atenção ao nosso redor, não é difícil perceber pessoas realizando feitos extraordinários.

Por que eu insisto que é até relativamente fácil aprender como passar no Concurso da PRF?

Se nós pararmos para analisar o comportamento dessas pessoas, nós veremos que elas tem um ponto crucial em comum: PODER DE REALIZAÇÃO.

Não estou falando de superpoderes dos heróis em quadrinhos, mas de uma alta capacidade de auto-empoderamento.

Entenda o Poder como uma habilidade de produzir os resultados que você deseja alcançar, ou a habilidade de mudar aquilo que não te agrada na sua vida.

Isso acontece através de um estado mental positivo, ou Mindset adequado, que é a capacidade de fazer com que os seus sentimentos trabalhem a seu favor, e não contra você.

Nossas habilidades podem ser cultivadas através do esforço, perseverança e, ainda, através dos nossos erros e dos nossos fracassos.

Portanto, perdoe-se mais, deixe de lado qualquer culpa por erros cometidos por você no passado e siga em frente. Lamentação não nos leva a lugar nenhum, torne-se responsável pelos seus resultados, sejam eles positivos ou não e aprenda com eles.

Desenvolver essa capacidade é um processo contínuo, como um lutador de Jiu Jitsu, que começa na faixa branca e continua treinando até se tornar um mestre.

E há quem diga que só deixamos de ser aprendizes e começamos a entender esta arte marcial quando chegamos à faixa preta.

É importante que você saiba exatamente onde quer chegar, definindo seus objetivos com clareza, realizando as ações necessárias para atingir os seus objetivos.

Para ser aprovado no Concurso da PRF, suas ações principais são estudar corretamente, usando uma estratégia eficiente de estudos, material didático de qualidade e reservando tempo adequado para se dedicar aos estudos.

Depois de traçar o seu plano de ação e começar a estudar efetivamente, é hora de verificar o seu desempenho. Então, defina um parâmetro de avaliação, que pode ser, por exemplo, o seu índice de acertos nas questões de prova. Essa análise de desempenho serve para verificar a necessidade de realizar ajustes na sua rotina de estudos.

De forma resumida, formar um Mindset de sucesso é ter o poder pessoal necessário para receber todos os “nãos” que a vida certamente vai te proporcionar e resistir à vontade de desistir de tudo, tantas vezes quantas vezes forem necessárias.

Muito provavelmente, você já teve muitos resultados negativos em sua vida, e certamente ainda terá outros mais. A vida não é uma linha reta. É um caminho cheio de altos e baixos.

O nosso desenvolvimento ocorre quando aprendemos a dizer não a tudo isso e passamos a aprender com todas as situações do passado. Aprendendo com os nossos erros, verificando os pontos de falha e efetuando as correções necessárias para seguir em frente.

Quando um estudante não consegue um bom resultado em uma prova de concurso, normalmente toma uma série de crenças como verdade, por exemplo:

“Eu não sou inteligente o suficiente”
“Concurso é difícil demais para mim”
“Não tenho apoio de ninguém para estudar”

Se você toma alguma dessas afirmações como verdade, você tem 2 soluções a partir de agora:

Dar crédito a essas crenças limitantes e desistir de tudo. Ou…

Simplesmente eliminá-las uma a uma.

Torne-se mais inteligente, desenvolva a sua capacidade intelectual, aprenda técnicas de aprendizagem acelerada e motivação, e a estudar de forma estratégica.

E se você não tem dinheiro, corre para o Youtube, para os grupos de concurseiros do Facebook.

Está tudo lá, de graça, ou quase isso.

As pessoas que desenvolveram um Mindset de sucesso tem uma série de características em comum.

Mas, se você me permitir destacar as mais importantes, nós temos basicamente 3:

1- Disciplina (planejamento): aqui, temos basicamente a questão de traçar metas, com prazo definido para o seu devido cumprimento. Realizando, ainda, o monitoramento dos seus resultados e acompanhando a sua evolução.

2- Alto nível de Poder Pessoal (autoconfiança): Para desenvolver essa habilidade, leia bons livros, busque se relacionar com pessoas com essas características e participe de cursos, palestras e treinamentos sobre desenvolvimento pessoal, sejam online ou presenciais.

3- Capacidade de Ação (Proatividade): Se você pretende ter um Mindset de sucesso e quer realizar o seu sonho de aprovação, seja uma pessoa proativa. Comece com o que você tem. Não espere pelo melhor momento, pois ele nunca virá.

Provavelmente você vai errar muito antes de produzir resultados satisfatórios. Mas, com o tempo, aprendendo com os seus erros corrigindo a sua trajetória, você vai começar a ter os resultados que tanto deseja.

E, se você não desistir, atingirá um nível de excelência e será um estudante com altas chances de aprovação em qualquer concurso público.

Fechado esse ciclo de Transformação Mental, chegou o momento da parte prática da sua rotina de estudos.

Mas isso já é assunto para a próxima lição.

Vamos fazer uma breve revisão dessa lição:

#01 – Você entendeu a importância de conhecer o funcionamento da sua mente;
#02 – Você aprendeu a principal característica das pessoas que foram aprovadas no Concurso da PRF;
#03 – Você aprendeu a ser uma Pessoa de Sucesso.

Na próxima lição vou te mostrar como juntar tudo isso e conciliar Família, Estudos, Trabalho, Atividade Física, Lazer e tudo que consome um pouco do seu tempo todos os dias.

Lembra que comentei na primeira Lição que o tempo é fator fundamental nos seus estudos?

Na Próxima lição vou te mostrar como dar conta de tudo isso usando o tempo disponível que você tem hoje….

Nos vemos em alguns dias na próxima lição!

Grande abraço
Pablo Amorim

Faça acontecer.[/text_block]

[op_liveeditor_element data-style=””]

Curtiu essa lição?
Comente abaixo o que você mais gostou nessa primeira etapa!

[/op_liveeditor_element]

[op_liveeditor_element data-style=””][fb_comments style=”light” title=”Deixe%20Aqui%20o%20Seu%20Coment%C3%A1rio” lang=”pt_BR” posts_number=”10″ src_url=”www.centropreparatorio.com.br” order=”social”][/op_liveeditor_element]

[op_liveeditor_elements][/op_liveeditor_elements]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.